Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aldo Rebelo, Valcke e Ronaldo compartilham otimismo após reunião

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, chegou ao Brasil nesta segunda-feira e deu início a seus compromissos ligados à organização da Copa-2014 ao se reunir, em Brasília, com Aldo Rebelo, ministro do Esporte, e Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local (COL). Ainda há arestas a serem aparadas, mas os três compartilham discurso otimista.

‘Sou muito otimista, não lembro de ter visto brasileiros fracassando em situações como essa. Vamos mostrar ao mundo que somos bons organizadores’, disse o Fenômeno. ‘Minha principal missão é fazer com que os brasileiros se orgulhem por receber a Copa e pelo investimento que está sendo feito. Tenho certeza que vamos fazer o melhor Mundial de todos os tempos’.

Valcke, por sua vez, garantiu que não há atritos entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Comitê Organizador Local e a Fifa. Mas, ainda que entre risos, o francês fez cobranças. A Fifa ainda não entrou em acordo com o Governo Federal no que diz respeito aos preços de ingressos e ao comércio de bebidas alcoólicas nos estádios.

Valcke pede que a Lei Geral da Copa, que deve ir à votação até março, seja assinada com rapidez para que esses assuntos sejam tirados de pauta. ‘O Brasil está exigindo muito, por isso é cinco vezes campeão do mundo (risos). Mas agora é hora de assinar a Lei Geral, porque temos de começar a pensar em outras coisas e tem muito trabalho pela frente’, comentou.

Aldo Rebelo, por sua vez, disse que o esforço para a construção dos estádios está ‘muito bem encaminhado’. Ele citou Fortaleza, dizendo que a conclusão das obras já chegou à metade.

Ronaldo e Jérôme Valcke partiram de Brasília para Fortaleza para fazer uma visita ao Castelão nesta terça-feira. Na quarta, está agendada uma visita às obras da Arena Fonte Nova. O presidente da CBF e do COL, Ricardo Teixeira, só marcará presença no encontro de quinta-feira, no Rio de Janeiro. ‘Não vemos nada de errado nisso’, resumiu Valcke.