Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ainda no vestiário, Muricy motiva time a voltar ao Mundial em 2012

Mesmo abatidos após a derrota por 4 a 0 para o Barcelona na decisão do Mundial de Clubes, os santistas encontraram motivação para projetarem um possível reencontro com os catalães na competição do ano que vem, novamente no Japão. Para que o duelo se repita, o Peixe precisa faturar o tetra da Libertadores, enquanto o time azul-grená deve conquistar a Liga dos Campeões da Europa.

‘A gente continua com o sonho. Conversamos no vestiário e queremos voltar aqui ano que vem para ganhar do Barcelona ou de outro time. Temos que pensar grande. Não tem que ter vergonha por ter perdido, porque foi para um grande time’, disse o técnico Muricy Ramalho.Para o comandante, a vantagem da equipe dirigida por Josep Guardiola para as outras é muito grande, mas não eterna. ‘Até agora, ninguém mostrou competência para ganhar deles. Claro que vai chegar o momento em que alguém atingirá esse nível e fará frente, mas agora é difícil, eles estão em uma grande fase mesmo’, opinou.

O zagueiro e capitão Edu Dracena reforçou o discurso do chefe e disse ainda que a goleada sofrida em Yokohama pode servir de aprendizado para um novo encontro. ‘Queremos disputar o Mundial no ano que vem e, se Deus quiser, vamos procurar fazer algo diferente se encontrarmos o Barcelona novamente’.

Já o volante Henrique, além de valorizar a força do time vencedor, exaltou as palavras de Muricy após a partida. ‘Parabéns para todos. Não podemos desmerecer nosso trabalho. Se fosse outro time qualquer, a gente até ficaria de cabeça baixa, mas perdemos para os melhores do mundo. Depois de todos os jogos, nós nos reunimos com nosso comandante e ele dá apoio. Hoje não foi diferente’.