Clique e assine a partir de 9,90/mês

Agassi sobre Djokovic: ‘Muitas vezes entrávamos em conflito’

Sérvio ex-número 1 do mundo vem de longa recuperação de lesão no cotovelo

Por Reuters - 2 abr 2018, 17h11

O ex-número 1 do mundo, Novak Djokovic, encerrou a parceria com seu treinador, o americano e também ex-número 1 do ranking, Andre Agassi. O rompimento ocorre alguns dias depois de Djokovic ser eliminado na primeira rodada do Masters 1000 de Miami pelo francês Benoit Paire. O sérvio tem sofrido para reencontrar a boa fase, após o longo afastamento causado por uma lesão no cotovelo.

“Tentei ajudar Novak, mas muitas vezes entramos em conflito”, disse Agassi, em depoimento à ESPN. “Desejo a ele o melhor daqui para frente.” Agassi acompanhava Djokovic apenas em Grand Slams e em torneios nos Estados Unidos, dividindo o trabalho de técnico com o ex-tenista checo Radek Stepanek, que agora vai ser o principal treinador do sérvio na temporada.

Djokovic tenta voltar ao topo do ranking da ATP, em que atualmente ocupa o 13º lugar.

 

Publicidade