Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Resenha entre Candinho e presidente conclui: velhinho é solução

Por Da Redação
Atualizado em 19 jul 2016, 13h28 - Publicado em 23 Maio 2012, 08h02

Durante o treino da última sexta-feira, no estádio do Canindé, antes mesmo da estreia da Portuguesa no Campeonato Brasileiro da Série A, uma animada conversa entre Candinho, gerente de futebol, Wolnei Caio, diretor, e Manuel da Lupa, presidente do clube, chamou a atenção de todos que acompanhavam a movimentação. Os temas em pauta eram o passado, o presente e o futuro da equipe rubro-verde.

Rebaixada no Campeonato Paulista de 2012 com uma campanha pífia, a Lusa sucedeu a conquista irretocável da Série B do ano passado com um dos maiores fracassos de sua história. Eliminado também da Copa do Brasil, o clube passa por uma reformulação interna e os principais personagens desse novo momento – que também inclui o técnico Geninho – resolveram analisar a situação do ponto de vista prático.’O time caiu muito depois que saíram os velhinhos’, diagnostica Candinho, que assumiu a gerência de futebol após o rebaixamento. O dirigente credita a queda justamente aos jogadores que deixaram o plantel lusitano ao fim da Série B, como Edno (vendido pelo Corinthians ao Tigres-MEX), Marco Antônio (contratado pelo Grêmio), Mateus (negociado com o Cruzeiro) e Marcelo Cordeiro (ainda do elenco, mas passando por longo processo de recuperação), todos com mais de 25 anos.

Atualmente, a média de idade da equipe é de 24 anos, sendo que nenhum jogador do plantel tem mais de 30. Assim, quando Candinho alega que ‘nem sabe quem é o mais velho do elenco’, a crítica é levada em conta por Da Lupa. Entre os titulares, Luis Ricardo, Rogério e Wilson Matias têm 28 anos, sendo os experientes da equipe comandada por Geninh

‘O negócio do rebaixamento já faz mais de um mês. Agora tem que fortalecer o grupo. Trazendo reforços, recuperando quem precisa e tudo para ter um time mais forte a partir da quarta rodada, eu espero. É claro que falta experiência, faltam alguns jogadores que sirvam de base para a garotada’, analisa o dirigente, que já trouxe jogadores como o zagueiro André Luis, de 32 anos e faz testes com Leandro Bonfim, de 28, e Valdomiro, de 33. O goleiro Dida, de 38, também é alvo para a Série A.A inspiração para a composição do novo grupo é o time vice-campeão brasileiro de 1996, comandado justamente por Candinho. Naquela oportunidade, depois de se classificar em oitavo na primeira fase, a Lusa eliminou Cruzeiro e Atlético-MG até ser derrotado pelo Grêmio por 2 a 0 no Olímpico, na segunda partida da final, dando ao técnico Luiz Felipe Scolari o primeiro título nacional de sua carreira.

O time de 96 tinha como destaques os meias Rodrigo Fabri, então com 20 anos, e Zé Roberto, de 21, além do atacante Alex Alves, com a mesma idade do atual jogador do Grêmio. A base, no entanto, era formada por atletas mais experientes, como o goleiro Clemer, Capitão, Alexandre Gallo e o próprio Wolnei Caio. ‘Um velhinho sempre cai bem no time’, conclui Candinho.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.