Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Advogado alega doença e pede libertação de Breno

Por AE

Munique – O zagueiro Breno, do Bayern de Munique, segue preso na Alemanha sob suspeita de ter colocado fogo na sua própria casa, mas seu advogado se movimenta para conseguir libertá-lo. Werner Leitner declarou nesta segunda-feira que tenta deixar o jogador em liberdade através de um pedido de habeas-corpus. Além disso, defendeu que o brasileiro precisa de tratamento por estar “doente”.

“Breno não se encontra bem. Ele está doente e precisa de ajuda”, disse Leitner, ao jornal alemão TZ, defendendo que o problema de Breno, que estaria sofrendo de depressão, é psicológico e que, assim, o zagueiro precisa realizar tratamento médico ao invés de permanecer detido.

A promotora Barbara Stockinger explicou ainda não existir uma data definida para a realização de uma audiência sobre o caso, além de não apontar quando o pedido de liberação do jogador brasileiro será avaliado.

Breno é acusado de ter provocado um incêndio que destruiu sua casa na madrugada de segunda para terça-feira, com prejuízo estimado de 1 milhão de euros. No sábado, ele foi preso preventivamente sob a alegação de que poderia fugir da Alemanha caso ficasse em liberdade.

Apesar da enormes proporções do incêndio, ninguém ficou ferido. Breno era a única pessoa que estava no imóvel quando ocorreu o incidente e foi levado para um hospital apenas por precaução. Revelado pelo São Paulo, o zagueiro, de 21 anos, está no Bayern de Munique desde 2008 e ainda não conseguiu se firmar na equipe, além de ter sofrido com várias lesões.