Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adriano pensa em jogar Série B da Itália: “Por que não?”

Atacante recebeu proposta do Catania e se mostrou interessado

O atacante Adriano continua desempregado, quatro meses depois de ser demitido pelo Atlético-PR, mas pode retornar à Itália, onde, com a camisa da Inter de Milão, era chamado de “Imperador”. Nesta sexta-feira, o jogador de 32 anos admitiu ter recebido uma proposta do Catania e revelou o desejo de assinar com a equipe, que atualmente disputa a Série B italiana. “Por que não? É uma boa equipe. Só me interessa jogar. Não olho para a divisão”, afirmou Adriano à revista Calcio 2000.

Leia também:

Adriano marca, mas Atlético-PR é eliminado da Libertadores

Tite relembra piores momentos: Adriano e morte em Oruro

MP denuncia Adriano por tiro contra mulher em seu carro

Adriano pagará 110.000 reais a jovem ferida com tiro

O jogador, que disputou a Copa do Mundo de 2006 com a seleção brasileira, afirmou que adoraria viver uma nova experiência no futebol italiano. Os contatos com o Catania foram iniciados em maio, e o clube tem apenas 16 dias para fechar o negócio, antes do fechamento da janela de transferências na Europa. Em 2001, Adriano deixou o Flamengo com apenas 19 anos e passou por Inter de Milão, Fiorentina e Parma, sempre marcando muitos gols. Em 2010, ele voltou ao país para jogar pela Roma, mas não obteve sucesso.

No Brasil, mesmo contestado por sua má forma física e pouco comprometimento, conquistou o Campeonato Brasileiro duas vezes, por Flamengo e Corinthians. Ele, no entanto, não engata uma boa sequência de jogos desde 2010 e vem de uma passagem breve e fracassada pelo Atlético-PR em 2014. Nos últimos anos, Adriano foi destaque no noticiário policial: foi acusado de envolvimento com o tráfico de drogas, atirou no braço de uma mulher e teve a carteira de motorista apreendida ao se negar a fazer o teste do bafômetro. Visto com frequência em festas, já anunciou a aposentadoria algumas vezes e é constantemente apontado, inclusive por amigos e familiares, como uma pessoa depressiva.