Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adriano marca, mas Atlético-PR é eliminado da Libertadores

Equipe brasileira foi derrotada por 2 a 1 para o Strongest na altitude de La Paz

Adriano voltou a balançar as redes depois de dois anos, mas não conseguiu impedir a derrota por 2 a 1 do Atlético-PR para o Strongest na altitude de La Paz. Com o resultado, a equipe paranaense está eliminada da Copa Libertadores. “Estou triste por não ter passado de fase, mas feliz porque o grupo fez de tudo para passar. É dificil jogar aqui. Agora é esperar o Brasileiro para fazer um bom campeonato”, declarou o jogador ao final da partida.

Leia também:

Atlético-MG segura empate e se classifica na Libertadores

Cruzeiro vence e respira aliviado: ‘Demos um passo grande’

O jogo – Precisando pontuar fora de casa, o Atlético-PR sofreu com a altitude de 3.600 metros e levou um bombardeio do ataque boliviano no primeiro tempo. Depois de uma sequência de defesas difíceis do goleiro Weverton, a bola foi levantada na área e, afobado, o zagueiro Manoel marcou contra. No final da primeira etapa, o time brasileiro empatou: Marcelo cruzou e Adriano, mostrando o velho oportunismo, empurrou para o gol. O resultado classificava o Atlético-PR, mas o Strongest voltou com tudo no segundo tempo. Aos 9 minutos, Soliz invadiu a área e tocou por cima do goleiro. Em desvantagem no placar, a equipe paranaense não teve fôlego para buscar a igualdade e deu adeus ao torneio continental.

Para Adriano, o principal fator para a derrota brasileira foi mesmo a temida altitude de La Paz. “É óbvio que a gente sente a diferença de jogar na altitude. Eu, particularmente não senti muito, mas outros jogadores sentiram. E isso também foi fundamental para o resultado”, avaliou.

(Com Gazeta Press)