Clique e assine a partir de 9,90/mês

Adrian Sutil será julgado na Alemanha por agressão

Por Da Redação - 13 jan 2012, 11h23

O alemão Adrian Sutil, ex-piloto da Force India, será julgado em Munique (Alemanha), no final do mês, pela agressão ao empresário Eric Lux, diretor presidente do grupo Genii, que patrocina a Renaullt, em uma boate em Shangai, na China, na noite de 17 de abril de 2011.

Outros amigos de Sutil, também pilotos da Fórmula 1 que estavam presentes na casa noturna, podem ser chamados para apresentar provas no caso. O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, deve ser uma testemunha ouvida.

O agente de Sutil, Manfred Zimmermann, está confiante que o processo limpará o nome de seu cliente e colocará um fim ao caso. ‘Estamos preparados e espero que a situação seja esclarecida’.

No entanto, a situação de Sutil na Fórmula 1 está complicada. Mesmo se escapar da sentença de um ano de prisão, o piloto ainda busca uma vaga para a temporada de 2012. O alemão foi dispensado pela Force India para dar lugar ao compatriota Nico Hülkenberg

No ano passado, logo depois do GP da China, a Renault alugou uma sala vip na casa noturna M1NT para uma festa particular. Após iniciada a festa, chegaram Sutil, Lewis Hamilton e um guarda-costas, mas foram barrados de entrar.

Minutos depois, começou uma discussão e Eric Lux disse que eles nao poderiam entrar. Sutil, bastante alcoolizado, atirou um pedaço de copo quebrado no empresário, ferindo-o gravemente na face e no pescoço. Lux foi levado ao hospital e terminou com 24 pontos na área ferida.

Continua após a publicidade
Publicidade