Clique e assine a partir de 9,90/mês

Adilson Batista surpreende com Rivaldo no banco e trio na frente

Por Da Redação - 24 ago 2011, 21h46

No jogo que pode eliminar o São Paulo na Copa Sul-americana, Adilson Batista entrará em campo sem um de seus homens de confiança. Rivaldo iniciará no banco de reservas a partida contra o Ceará, às 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, no Morumbi. O técnico optou por escalar três jogadores na frente.

Com a necessidade vencer por 1 a 0 ou por, ao menos, dois gols de diferença para se classificar à próxima fase, o treinador optou por escalar Lucas um pouco mais recuado, com Fernandinho e Dagoberto formando a dupla de ataque. Assim, acredita que pode se recuperar da derrota por 2 a 1 na ida, em Fortaleza.

Em relação à equipe escalada como titular no empate por 1 a 1 com o Palmeiras, no último domingo, o comandante abdicou do 3-5-2, optando por João Filipe como parceiro de Rhodolfo na zaga e deixando Xandão no banco de reservas.

No meio-campo, a novidade é Casemiro, de volta do Mundial sub-20. Carlinhos Paraíba, que não treinou nesta semana por conta de um trauma no tornozelo esquerdo, será titular, deixando Cícero, antes preferido de Adilson, ao lado de Rivaldo no banco de reservas.

Continua após a publicidade

O Tricolor entrará no Morumbi com Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos Paraíba, Casemiro e Lucas; Fernandinho e Dagoberto.

Do outro lado, Vagner Mancini, ciente de que passará de fase com um empate no Morumbi, optou por uma formação mais recuada. Sem Rudnei, volante com mais saída de bola, opta pelo veterano Edmilson, pentacampeão mundial, em um trio de volantes com Heleno e Michel.

O Vovô está escalado com Diego; Boiadeiro, Fabrício, Anderson Luís e Egídio; Edmilson, Heleno, Michel e Thiago Humberto; Osvaldo e Marcelo Nicácio.

Publicidade