Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adilson Batista diz não ao Cruzeiro e clube já procura outros nomes

A diretoria do Cruzeiro, representada pelo vice-presidente José Maria Fialho e pelo diretor de futebol Alexandre Mattos, teve uma reunião com o técnico Adilson Batista nesta segunda-feira, mas alegando questões éticas o treinador decidiu permanecer no Atlético-GO. Com isso, a Raposa terá que procurar outro nome para comandar a equipe no Campeonato Brasileiro.

Adilson afirmou que tem vontade de voltar ao Cruzeiro um dia, clube que comandou entre 2008 e 2010, mas que neste momento vai ficar em Goiânia por ter chegado há pouco tempo ao Atlético-GO. O treinador foi vice-campeão Goiano neste domingo, perdendo o título para ao arquirrival Goiás, porém, segue prestigiado pela diretoria do Dragão.

Sem Adilson Batista o Cruzeiro parte para o plano B, e nomes como o de Celso Roth, Vadão e Levir Culpi passam a ser os mais cotados, mas questões salariais podem inviabilizar a vinda de Levir, que é o preferido pela torcida celeste. Vadão declarou após a final do Paulista que não foi procurado, mas que aceita conversar, enquanto o nome de Roth vem ganhado força nas últimas horas.

Enquanto o novo treinador não chega, os jogadores seguem trabalhando forte na Toca da Raposa. Nesta segunda-feira, os preparadores físicos Quintiliano Lemos e Flávio de Oliveira comandaram as atividades, o que também deve ocorrer na terça-feira, quando o time celeste deverá treinar em dois períodos.