Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Acidente grave com piloto francês encerra GP do Japão

Após bater em um guindaste que estava na área de escape da pista, Jules Bianchi foi levado inconsciente ao hospital com lesão na cabeça

Um acidente grave sofrido pelo francês Jules Bianchi, da Marussia, encerrou antes do previsto o Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, disputado na madrugada deste domingo em Suzuka. Após a batida, nas últimas voltas da corrida, o piloto de 25 anos foi levado inconsciente para o Hospital Geral Mie e sofreu uma cirurgia. A vitória ficou com Lewis Hamilton, da Mercedes. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) emitiu comunciado na manhã deste domingo: “Exames mostram que ele sofreu uma lesão severa na cabeça e está atualmente em cirurgia.” Em seguida, de acordo com a FIA, o piloto seria removido para a unidade de terapia intensiva e monitorado constantemente.

Leia também:

Tabela: os resultados da temporada e a classificação do Mundial de Pilotos

F1: Rosberg faz a pole e Massa larga em 4º no GP do Japão

Bianchi perdeu o controle do carro e bateu em um guindaste que estava na área de escape do circuito para remover o carro do piloto alemão Adrian Sutil, da Sauber, que havia sofrido um acidente pouco antes, na 44ª volta. A corrida aconteceu com condições climáticas ruins e asfalto molhado.

A organização do GP decidiu encerrar a corrida na 46ª das 53 voltas previstas. O francês foi levado ao Hospital Geral Mie de ambulância porque as condições climáticas não permitiam que o helicóptero levantasse voo.

Além de Hamilton, chegaram ao pódio os alemães Nico Rosberg, também da Mercedes, e Sebastian Vettel, da Red Bull, que encerraram a corrida em segundo e terceiro lugares, respectivamente. O brasileiro Felipe Massa chegou na sétima posição.

A classificação final do GP do Japão:

1º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes), em 1h51min43s021

2º – Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 9s180

3º – Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), a 29s122

4º – Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), a 38s818

5º – Jenson Button (ING/McLaren), a 1min07s550

6º – Valtteri Bottas (FIN/Williams), a 1min53s773

7º – Felipe Massa (BRA/Williams), a 1min55s126

8º – Nico Hülkenberg (ALE/Force India), a 1min55s948

9º – Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), a 2min07s638

10º – Sergio Perez (MEX/Force India), a 1 volta

11º – Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), a 1 volta

12º – Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 1 volta

13º – Esteban Gutierrez (MEX/Sauber), a 1 volta

14º – Kevin Magnussen (DIN/McLaren), a 1 volta

15º – Romain Grosjean (FRA/Lotus), a 1 volta

16º – Pastor Maldonado (VEN/Lotus), a 1 volta

17º – Marcus Ericsson (SUE/Caterham), a 1 volta

18º – Max Chilton (ING/Marussia), a 1 volta

19º – Kamui Kobayashi (JAP/Caterham), a 1 volta

Não completaram a prova:

Jules Bianchi (FRA/Marussia)

Adrian Sutil (ALE/Sauber)

Fernando Alonso (ESP/Ferrari)

(Com agência Gazeta Press)