Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Abel reclama que Flu usou mais coração do que cabeça

Por Da Redação 1 mar 2012, 11h20

Por AE

Rio – Em diversos momentos nos últimos anos, a torcida do Fluminense exaltou ter um “time de guerreiros”. Mas nem sempre a garra deve ficar à frente da técnica. Para o técnico Abel Braga, o time exagerou no coração na derrota por 2 a 1 para o Resende, nesta quarta-feira, em Volta Redonda, na abertura da Taça Rio.

“A equipe lutou muito, mas começou a jogar mais com coração do que com a cabeça”, apontou o treinador, que afirmou que não tem por que reclamar da atitude dos atletas tricolores na derrota. “Os jogadores mereciam a vitória. Não estou chateado com eles. Não fizemos uma grande partida, mas também não fizemos menos que o adversário para perder.”

Para Abel, o resultado foi injusto. “Tivemos algumas chances, mas não conseguimos virar, é injusto. Fez um grande jogo? Não. Mas sair daqui com derrota não é justo.”

O treinador também reclamou de uma suposta falta sobre Wallace no lance que originou o segundo gol do Resende. Para ele, a jogada alterou o panorama da partida. “Não vou ficar aqui lamentando, mas bandeirinha viu. Pelo menos ele viu. Quando tomou o segundo gol, a gente estava melhor no jogo. Se ali é marcado alguma coisa, o lance muda completamente”, opinou Abel.

Continua após a publicidade
Publicidade