Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abel pensa no Boca para escalar Flu contra Nova Iguaçu

Por Leonardo Maia

Rio – É com a cabeça no jogo de quarta-feira, em Buenos Aires, contra o Boca Juniors, que o Fluminense vai entrar em campo neste sábado, às 18h30, em Volta Redonda, diante do Nova Iguaçu. Com reservas, o time tricolor perdeu na abertura da Taça Rio, quarta passada, para o Resende. Agora, Abel Braga quer não apenas que o time recupere a moral, mas pretende também dar ritmo de jogo aos titulares, que não jogam desde a final da Taça Guanabara, domingo passado, vencida pelo Flu.

Por isso, foi abortada a ideia de poupar os principais jogadores nas duas primeiras rodadas da Taça Rio. Já bastou a derrota de 2 a 1 para o Resende. Diante do Nova Iguaçu, só não jogam Thiago Neves e Wellington Nem, ambos com problemas físicos. O reserva Rafael Moura também não foi para a Cidade do Aço, porque está com dores musculares.

“Vamos montar uma equipe forte para vencer o jogo sem correr riscos, porque na quarta-feira teremos um jogo contra o Boca que não é comum. Só vamos vencê-los na Bombonera se estivermos inteiros e jogarmos de igual para igual”, comentou Abel Braga.

O foco no Boca é tanto que Wagner e Leandro Euzébio, que expulsos na vitória por 1 a 0 sobre o Arsenal (ARG), na estreia da Libertadores, não foram relacionados para pegar o Nova Iguaçu. Isso porque Abel quer dar ritmo aos possíveis substitutos. Digão entra na zaga ao lado de Anderson, Lazini ocupa vaga no meio de campo e Rafael Sóbis compõe dupla ofensiva com Fred.