Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ABC e ASA empatam e seguem ameaçados na Série B

Por AE

Natal – Com medo do rebaixamento, ABC e ASA foram cautelosos ao extremo e ficaram no empate de 1 a 1, neste sábado, no Estádio Frasqueirão, em Natal. Com a igualdade no confronto direto, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, os dois times seguem ameaçados pela queda.

O ABC tem agora 43 pontos, em 15º lugar, uma posição na frente do ASA, que soma 42 pontos. Além da ameaça do rebaixamento, os dois times vinham de derrotas na rodada anterior, o que aumentou a cautela para evitar novo tropeço no jogo deste sábado.

Assim, o primeiro tempo foi equilibrado. O ABC reclamou muito de um gol anulado de Leandrão, aos 27 minutos. E o time potiguar desceu para os vestiários debaixo das vaias da sua torcida.

No segundo tempo, o ASA apostou no contra-ataque para fazer seu gol, que saiu aos 18 minutos. Depois do chute de Marielson, o goleiro Camilo deu rebote e Gustavo, que tinha entrado instantes antes, empurrou para as redes.

Para complicar a situação do ABC, Cascata tentou cavar um pênalti aos 22 minutos e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso. Com um a menos, ficou difícil para o time potiguar reagir. Mesmo assim, chegou ao empate aos 33, num belo chute de Jerson.

Em seguida, Chiquinho Baiano foi expulso, deixando os dois times iguais em número de jogadores. O ABC foi melhor no final, mas não saiu do empate.

Na 34ª rodada da Série B, os dois voltam a jogar no próximo sábado: o ABC visita o Icasa em Juazeiro do Norte (CE) e o ASA recebe o Náutico em Arapiraca (AL).

FICHA TÉCNICA:

ABC 1 x 1 ASA

ABC – Camilo; Pio (Renatinho), Tiago Garça (Marcus Vinícius), Leonardo e Nêgo (Ederson); Bileu, Ricardo Oliveira, Jerson e Cascata; Lins e Leandrão. Técnico – Leandro Campos.

ASA – Tutti; Gilberto Matuto, Toninho, Di Fábio e Chiquinho Baiano; Cal, Francismar (Gustavo), Marielson e Raul; Alexsandro (Reinaldo Alagoano) e Leandro Cardoso. Técnico – Vica.

Gols – Gustavo, aos 18, e Jerson, aos 33 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Diego Pombo Lopez (BA).

Cartões amarelos – Chiquinho Baiano, Raul, Alexsandro, Leandro Cardoso, Cascata, Jerson, e Tiago Garça.

Cartões vermelhos – Cascata e Chiquinho Baiano.

Renda – R$ 52.740,00.

Público – 6.300 pessoas.

Local – Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).