Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Abatido, Fla encara o Dragão para se manter no grupo da Libertadores

Por Da Redação 19 nov 2011, 20h29

O Flamengo entra em campo neste domingo, contra o Atlético-GO, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 17 horas (de Brasília), em busca de se manter no grupo de classificação para a próxima Libertadores. Na sexta posição do Campeonato Brasileiro, os cariocas vêm de duas rodadas sem vitória e viram a chance de título ir embora no meio de semana. Já os goianos, que estão no meio da tabela, querem terminar a competição garantidos na edição da Copa Sul-americana de 2012.

Para este jogo, o técnico Vanderlei Luxemburgo deve repetir quase toda a escalação que empatou com o Figueirense no Engenhão na última quinta. Somente o goleiro Felipe volta ao time após cumprir suspensão na vaga do elogiado Paulo Víctor, que cometeu um pênalti para salvar o Rubro-Negro e ainda fez a defesa, saindo como herói.

A grande questão do Fla continua sendo a aposta (ou não) em jogadores mais jovens no time titular. O que para Luxemburgo e Renato Abreu é ‘pular etapas’, para a torcida do Flamengo, que vem criticando o treinador por não utilizar Thomás e Muralha entre os 11, é uma necessidade. Apesar das reclamações, o camisa 11 deve ser mantido no time e, para a proteção da zaga, Willians pode retornar ao time.

O volante, que já treina com o restante do elenco após caso de indisciplina, será relacionado para o confronto e afirmou que o Flamengo deve seguir em busca das vitórias até o fim do Brasileiro: ‘O empate com certeza não é bom. O Flamengo sempre tem que conquistar bons resultados, e não foi o caso. Mas agora temos que levantar a cabeça porque a batalha não acabou e comigo de volta, vai ser uma emoção e uma guerra o tempo todo’.

Já o meia Renato Abreu, que foi muito vaiado quando substituído para a entrada de Thomás contra os catarinenses, ressaltou que a equipe lutou os 90 minutos em busca dos três pontos. ‘Não ganhamos o jogo, mas o time não deixou de correr. Não se pode olhar só o resultado. Agora temos que dar tudo para vencer o jogo contra o Atlético-GO’, disse.

No Atlético-GO, o técnico Hélio dos Anjos reencontra o adversário que goleou em sua estreia no comando do time. A equipe vem de empate contra o Santos em pleno Pacaembu e terá os retornos do volante Pituca e do meia Vitor Júnior, que foram poupados no meio de semana. Além disso, o zagueiro Gilson volta após cumprir suspensão na vaga de Leonardo e o atacante Marcão vai atuar entre os titulares no lugar de Anselmo, suspenso.

Sem Agenor, que foi expulso contra o Peixe, Hélio dos Anjos preferiu manter o clima de mistério e não divulgou a escalação da equipe que vai a campo no domingo. ‘A única coisa que eu posso falar neste momento é o que todo mundo já sabe: o Gilson volta de suspensão no lugar do Leonardo e o Marcão vai substituir o Anselmo, que está suspenso’, afirmou. ‘O restante da escalação ainda está indefinida. Eu gostei muito do nosso posicionamento contra o Santos, só tomamos um gol no final contra um dos melhores do mundo, mas ainda vou decidir o que fazer.’

Na 12posição, os goianos têm 43 pontos e ainda não se livraram matematicamente do risco de rebaixamento. No entanto, o pensamento de todos no clube é de conquistar os três pontos para ficar próximo de uma vaga para a próxima edição da Sul-americana.

FICHA TÉCNICA

Continua após a publicidade

ATLÉTICO-GO x FLAMENGO

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 20 de novembro de 2011, domingo

Hora: 17 horas (de Brasília)

Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)

Assistentes: Emerson Augusto Carvalho (Fifa-SP) e Marcio Luiz Augusto (SP)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gílson, Anderson e Thiago Feltri; Joílson, Pituca, Bida e Vitor Júnior; Juninho e Marcão

Técnico: Hélio dos Anjos

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, David Bráz, Alex Silva e Junior César; Airton, Willians, Renato Abreu e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Continua após a publicidade

Publicidade