A nova jogada de Ronaldo: garoto-propaganda do pôquer

Empresario, comentarista e membro do Comitê Organizador da Copa agora vai ajudar a divulgar o jogo pelo Brasil e pelo mundo

Por Da Redação - 4 abr 2013, 20h43

Ronaldo vai acrescentar mais um trabalho à sua já atribulada rotina. A partir desta sexta-feira, o ex-atacante, empresário, membro do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 e comentarista da TV Globo agora vai também ser jogador de pôquer. Ele acertou um contrato com a PokerStars, empresa que sonha em ver o jogo de cartas ser reconhecido como um “esporte da mente”, como o xadrez. Ronaldo, que nunca escondeu seu apreço pelo jogo de cartas e até já disputou uma competição em 2012, vai disputar campeonatos on-line e também presenciais, além de aparecer como garoto-propaganda. “Sempre busco entregar o meu melhor em tudo, no futebol e na vida. O pôquer é mais um desafio que me empolga: ler o jogo e os adversários e escolher o melhor caminho para vencer”, diz Ronaldo.

Leia também:

Pelé e Anderson Silva gravam comercial no Botafogo

Deco fala mal de Neymar, mas depois pede desculpas

Publicidade

“Ronaldo simboliza os valores que buscamos no pôquer: genialidade, talento, dedicação e a fibra de que são feitos os grandes campeões do esporte”, afirmou Jose del Piño, diretor da PokerStars para a América Latina. Ronaldo se junta à equipe às vésperas da terceira edição do Masterminds, encontro criado pelo brasileiro campeão mundial de pôquer, André Akkari – agenciado pela 9ine de Ronaldo -, que começa nesta sexta-feira e vai até terça, em São Paulo, com campeonatos, exposições e até palestras que relacionam o pôquer a atividades do dia a dia.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Publicidade