Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

À espera de sequência, Bruno defende vaga â€com unhas e dentesâ€

Por Da Redação Atualizado em 19 jul 2016, 13h24 - Publicado em 30 abr 2012, 11h46

O goleiro Bruno foi confirmado publicamente pelo técnico Luiz Felipe Scolari, mas ainda tem cautela ao falar sobre a disputa com Deola pela condição de titular. O jogador, porém, admite que necessita de uma série de jogos para conseguir atingir o nível ideal.

‘Eu sou goleiro do Palmeiras e quem vai decidir se serei titular é o Felipão. Ainda não tive uma conversa (com a comissão técnica), mas pode acontecer durante a semana. É natural, porque goleiro precisa de sequência de jogos. Se eu for mantido, vou defender com unhas e dentes e procurar não sair nunca mais’, afirmou.

Aos 27 anos, Bruno foi formado nas categorias de base do Palmeiras, mas nunca teve uma longa sequência como titular na equipe profissional. Mesmo assim, o arqueiro reconhece que sempre teve liberdade para brigar por seu espaço no clube.

‘O Marcão é um cara fantástico e, mesmo insubstituível e sendo o maior ídolo do Palmeiras, deixava a disputa aberta. Não está sendo diferente agora que ele parou. Desde que voltei, o Carlão (Pracidelli) e o Felipão deixaram bem claro que não tinha titular. Tenho de estar preparado e sei o que estou fazendo lá dentro’, acrescentou.

Emprestado à Portuguesa no ano passado, Bruno retornou ao Verdão nesta temporada e disputou apenas duas partidas no Campeonato Paulista, contra Bragantino e Oeste. Depois, o goleiro só voltou a ser titular contra o Paraná, em função das falhas de Deola no jogo contra o Guarani, que decretou a eliminação da equipe no Estadual.

Felipão já anunciou que Bruno será mantido agora como dono da vaga, com Deola sendo observado na luta para recuperar a vaga.

Continua após a publicidade
Publicidade