Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

À espera de Adriano, Joel escala Léo Moura, Ronaldinho e Love

Por Da Redação 22 mar 2012, 14h50

A diretoria do Flamengo mantém a postura de só falar sobre a possível contratação do atacante Adriano depois de o jogador acertar oficialmente a rescisão de seu contrato com o Corinthians. Enquanto isso, o técnico Joel Santana evita comentar o assunto, garantindo foco nas partidas do Rubro-Negro pela Taça Rio e pela Copa Libertadores.

Para a partida contra o Volta Redonda, neste sábado, às 18h30 (de Brasília), o treinador ainda não definiu oficialmente o time do Flamengo. Ele, porém, terá reforços importantes como o lateral direito Leonardo Moura, que se recuperou de uma lesão no joelho direito, o meia Ronaldinho Gaúcho, que cumpriu suspensão na vitória por 1 a 0 sobre o Friburguense, e o atacante Vagner Love, livre de dores na coxa direita.

O lateral ocupará a vaga de Galhardo, enquanto o ‘Artilheiro do Amor’ assume posto de Diego Maurício. Já R10 vira solução para suprir a ausência do argentino Darío Bottinelli, suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) por conta de sua expulsão na vitória por 2 a 1 sobre o Duque de Caxias. Outro que vai cumprir suspensão é o zagueiro chileno Marcos González, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Friburguense. Welinton entra no seto

A única dúvida do treinador para este compromisso está no meio-de-campo: Joel tem a opção de dar nova oportunidade ao meia Thomás, que teve atuação discreta contra o Friburguense, ou acionar Kléberson, que vem entrando bem no decorrer dos jogos. Dessa maneira, a tendência é de o Flamengo atuar com a seguinte escalação: Felipe; Leonardo Moura, Welinton, David Braz e Junior Cesar; Muralha, Willians, Luiz Antonio e Thomás (Kléberson); Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love.

Nesta sexta-feira o Flamengo vai treinar na parte da manhã, no Ninho do Urubu, e depois a delegação viaja para Volta Redonda. Quem permanece no Rio de Janeiro é o Imperador, que ainda não acertou seu retorno ao clube. Em um primeiro momento, o Rubro-Negro deverá oferecer apenas a sua estrutura para o atleta se recuperar de uma lesão no Tendão de Aquiles e adquirir melhor condicionamento físico. A estratégia é só fechar contrato se ficar visível que Adriano pode ter bom rendimento.

Continua após a publicidade

Publicidade