Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

9 a 0: PSG esmaga lanterna e garante título com oito rodadas de antecedência

O domingo já era de festa anunciada para o Paris Saint-Germain, que só precisava vencer o Troyes, lanterna do Campeonato Francês, para garantir matematicamente o título do torneio a oito rodadas do fim. A equipe confirmou as expectativas e massacrou o time da casa por 9 a 0. O time francês levantou a taça do maior campeonato nacional do país pela sexta vez em sua história.

A marca veio em grande estilo dentro de campo, já que além da atuação inspiradíssima e da chuva de gols, Ibrahimovic fez 4 gols, três deles em um espaço de 11 minutos, demonstração da gigante superioridade do PSG sobre os rivais. A conquista é a quarta consecutiva da era milionária do clube da capital francesa.

O show da equipe parisiense começou cedo. Logo aos 13 minutos, a defesa do time da casa se complicou em recuo para o goleiro. Atento, Cavani roubou a bola e só teve o trabalho de completar para a rede, abrindo o marcador.

A blitz do time de Laurent Blanc não cessou, e pressionando o rival como um rolo compressor, o placar foi ficando mais largo nos minutos seguintes. Aos 17, Pastore fez um golaço, depois de receber passe de calcanhar de Ibrahimovic, arrancar em velocidade e tocar com categoria por cima do goleiro.

Só um minuto depois, o PSG chegou de novo, e Cavani obrigou o goleiro Dreyer a espalmar com bom chute. Rabiot estava bem posicionado para o rebote e concluiu para a meta, fazendo o terceiro.

Assim como nos 45 minutos iniciais, a segunda metade da partida começou com um massacre assustador da equipe visitante sobre os donos da casa. E Ibra, que passou em branco na primeira etapa, anotou um incrível hat-trick.

No primeiro minuto, o sueco recebeu de Cavani, que roubou a bola na saída de bola adversária, e rematou para aumentar a conta. Aos 7, o atacante completou com classe cruzamento de Di Maria, e aos 11, Kurzawa levantou na área para o camisa 10 selar sequência extraordinária de gols em sequência.

Havia tempo para mais. Aos 13, novo cruzamento de Kurzawa, mas dessa vez foi Saunier, o próprio lateral do Troyes, que mandou para dentro do próprio gol. Cavani deixou mais um na sua conta pessoal aos 29, depois de cobrar pênalti, desperdiçar, mas aproveitar o rebote.

E ninguém melhor que Ibrahimovic para fechar o passeio histórico. Já aos 43 minutos, Zlatan aproveitou contra-ataque puxado por Pastore e bateu de canhota, para dar números finais a uma goleada inesquecível e preparar a festa do título em grande estilo.

(Com Gazeta Press)