Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zeca Camargo é condenado a indenizar pai de Cristiano Araújo

Sentença define que apresentador deverá pagar R$ 60 mil para pai e empresa que gerenciava carreira do cantor. Jornalista ainda poderá recorrer

O apresentador Zeca Camargo foi condenado a indenizar o pai e a empresa do cantor Cristiano Araújo em 30.000 reais para cada, totalizando 60.000 reais, por danos morais. O processo foi instaurado em 2015, após o jornalista postar um crônica em que comparava a comoção da população com a morte do sertanejo com a “atual pobreza da alma cultural brasileira”. 

A crônica de Camargo foi publicada em junho de 2015 no Jornal das 10, da GloboNews. “O texto foi escrito e interpretado de forma completamente preconceituosa, sem ao menos medir o peso que suas palavras teriam sobre os fãs, a família, amigos e sobre toda a cultura sertaneja de uma forma geral. É notório que a crônica tinha o cunho de denegrir a imagem não apenas do cantor, falecido e sem qualquer condição de se defender, como também da própria música sertaneja brasileira”, sustenta a ação movida contra Zeca. 

A sentença foi definida pela juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17° vara Cível de Goiânia, e publicada na terça-feira. Camargo ainda terá quinze dias para recorrer da decisão. O processo foi aberto pelo pai de Araújo junto com a empresa CA Produções Artísticas, que gerenciava a carreira do cantor. 

Através da assessoria de imprensa da Globo, Camargo afirmou: “Não posso comentar uma ação que ainda está sub judice, mas gostaria de reforçar que, em momento algum, tinha como objetivo ofender ou atingir o cantor Cristiano Araújo, seus fãs ou pessoas de sua família.  E ainda assim, diante da má interpretação que ocorreu, fiz um pedido formal e público de desculpas”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    Juíza criminaliza liberdade de pensamento e de expressão.

    Curtir