Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Youtuber é condenado por dar bolacha com pasta de dente a morador de rua

Espanhol Kanghua Ren, mais conhecido como ReSet, pode enfrentar até dois anos de cadeia em Barcelona

O youtuber espanhol Kanghua Ren, mais conhecido como ReSet, pode enfrentar até dois anos de cadeia em Barcelona por  causa de um vídeo em que fez uma pegadinha distribuindo biscoitos recheados com pasta de dente para um morador de rua. No vídeo, ReSet se aproxima do homem, que está sentado em uma calçada, encostado à parede: “Olá, senhor. Precisa de ajuda?”.

O homem responde que sim com a cabeça, e então o youtuber questiona qual a maior quantia que uma pessoa já havia lhe entregado. O homem indica não saber, e, então, o garoto entrega a ele uma nota de 20 euros. Enquanto o homem agradece a atitude, o jovem pergunta se ele está com fome, e, então, lhe oferece o pacote com os biscoitos “recheados” com pasta de dente – que ele já havia mostrado no mesmo vídeo, colocando a pasta no lugar do recheio.

“Talvez eu tenha ido um pouco longe, mas olhem pelo lado positivo: isso vai ajudá-lo a limpar seus dentes. Acho que ele não os limpa desde que ficou pobre”, disse, ao final do vídeo. Em seu principal canal, o youtuber tem 1,2 milhão de inscritos e quase 100 milhões de visualizações.

Posteriormente, de acordo com o jornal El País, guardas locais atenderam o morador de rua, identificado como Gheorge L., um romeno, e tomaram seu depoimento. De acordo com ele, no mesmo dia, o jovem retornou ao local e ofereceu 300 euros ao homem, com receio de sofrer problemas na Justiça. Gheorge ainda contou que teria passado mal e vomitado minutos depois de comer o alimento com o creme dental.

O jovem teria recebido 2.200 euros pelas visitas ao vídeo no YouTube. A Justiça, porém, pediu dois anos de prisão para o youtuber de 20 anos, que nasceu na China e mora em Barcelona, além de 30 000 euros como indenização por danos morais.

Em sua defesa, o advogado de ReSet alegou que se tratava apenas de pasta de dentes, e não de algum “tipo de veneno, ou substância nociva à saúde”. Ele também admitiu que entregou 300 euros à filha do homem.

Na sentença, o juiz baixou o valor da fiança para 2 000 euros, e proibiu o garoto de sair da Espanha para ir à China, onde passa férias regularmente.