Clique e assine a partir de 9,90/mês

Vaias e protestos contra Bolsonaro abrem o 2º dia de Rock in Rio

Tico Santa Cruz, do Detonautas, pediu para o público “deixar o ódio de lado e amar ao próximo”

Por Jana Sampaio - 28 Sep 2019, 18h37

Atração do palco Sunset deste sábado (28) no Rock in Rio, o líder da banda Detonautas Roque Clube, Tico Santa Cruz, disse que “é preciso fazer uma corrente positiva pelo momento difícil que o Brasil está vivendo”.

O cantor falou ainda que o país deve lembrar o exemplo de Jesus e “deixar o ódio de lado e amar ao próximo”.

Sob vaias, a plateia protestou contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Aparentemente mais pacífico, o cantor pediu que o público não evocasse nenhuma energia negativa durante a apresentação.

Durante as eleições presidenciais de 2018, Tico afirmou que “o voto em Bolsonaro não é um voto político, e sim de autoafirmação”.

Continua após a publicidade

Na sexta 27, primeiro dia do festival, vaias endereçadas ao presidente tomaram conta de parte do público que acompanhava o show do DJ brasileiro Alok, que chegou a pedir respeito.

Publicidade