Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Twenty One Pilots faz balada indie no Lollapalooza

Dupla americana tocou músicas que misturam batidas de pop rock e rap

A banda americana Twenty One Pilots se apresentou neste domingo no Lollapalooza e fez a festa de um público que, com poucas exceções, tinha a cara do festival. Jovens estilosos que registraram cada segundo do show em seus celulares dançaram ao som da dupla formada por Tyler Joseph, o vocalista, e Josh Dun, o bateirista, ambos de 27 anos. O repertório, com cara de balada indie, era composto por músicas que misturavam batidas rock dançantes e rap. As canções animadas, aliadas ao comportamento energético dos rapazes, que tocaram vários instrumentos se movimentaram muito pelo palco, promoveram um momento divertidos do segundo dia de festival.

Leia também:

Maglore se junta ao vocalista do Vanguart e faz show dançante no Lolla

Marina and the Diamonds, a diva triste do Lollapalooza

Eminem envolve público do Lolla em show energético

Mumford and Sons arrasam em 1º show no Brasil

O show começou com Heavydirtysoul e Stressed Out, ambas do álbum Blurryface (2015), o quarto e mais recente CD da dupla. A segunda música é o maior hit da banda atualmente, então não foi de se estranhar a animação da plateia diante das batidas da canção. Nesse momento, grande parte do público dançou e entoou a faixa com os rapazes. O Twenty One Pilots tocou em seguida Guns For Hands, do segundo disco, Regional at Best, faixa com um pé no rap.

Joseph e Dun subiram ao palco vestindo máscaras de caveira e de E.T, mas logo mostraram seus rostos. Os rapazes, aliás, pareciam hiperativos quanto ao figurino: em certo momento, o bateirista voltou a esconder o rosto com uma bandana e, no meio da apresentação, tirou a camisa. Já o vocalista passou parte do show com uma camisa cuja estampa imitava um esqueleto. Depois, voltou ao palco com óculos escuros e uma camisa florida. A agitação também foi refletida na parte musical. Josh Dun tocou bateria na maior parte do tempo, mas, em We Don`t Believe What`s on TV, intercalou o instrumento com o trompete. Já Joseph cantou, tocou guitarra, ukulele e piano.

O público pareceu animado com o show não só pelas batidas dançantes, mas também pela inteiração da dupla com os presentes. Em Lane Boy, por exemplo, os dois pediram que todos se abaixassem e, depois de uma explosão de batidas e de fumaça, pulassem empolgados. Animado, o público obedeceu. Já ao cantar o single Holding Into You, Tyler Joseph subiu na grade que separa o palco do público e cantou colado à plateia.

O show dos dois rapazes de Ohio, que formaram a banda em 2009, foi encerrado com outras músicas animadas – essas com mais batidas indies do que versos de rap. Foi o caso de Car Radio – momento em que Tyler Joseph escalou a estrutura do palco enrolado em uma bandeira do Brasil – e Trees. A apresentação foi uma festa de dia ao ar livre para os fãs, e uma grata surpresa aos presentes que, até então, desconheciam o trabalho dos rapazes.