Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Twelves, macaco de estimação de Latino, morre atropelado no Rio

Animal estava brincando e fugiu de casa, sendo atingido por um veículo no condomínio onde o cantor mora, na Barra da Tijuca

Por Redação - Atualizado em 20 mar 2018, 17h11 - Publicado em 20 mar 2018, 16h59

Twelves, o macaco de estimação de Latino, morreu atropelado nesta terça-feira, no Rio de Janeiro. Segundo o empresário do cantor, Francimar Vaz, o macaco-prego estava brincando em casa e fugiu, pulando o muro. O atropelamento aconteceu no condomínio onde Latino mora, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

“O Latino está muito mal, inconsolável mesmo, sem falar com ninguém, nem com a gente”, disse Francimar a VEJA. De acordo com o agente, o cantor está acompanhado da namorada, a modelo Jéssica Rodrigues. Ainda não há certeza sobre o que será feito com o corpo do animal, mas o empresário afirma que ele provavelmente será cremado.

No Instagram, o cantor publicou uma foto segurando a mão de Twelves. “Hoje é o dia mais infeliz da minha vida. Orem por mim! Sem chão“, escreveu na legenda. O bichinho também possuía um perfil no Instagram e tinha cerca de 130.000 seguidores.

View this post on Instagram

Publicidade

Hoje é o dia mais infeliz da minha vida. Orem por mim! Sem chão. 🙏🏼😩 @macacotwelves 🖤

A post shared by 🇧🇷🎤 LÅTĮNØ (@latino) on

Twelves tinha 5 anos e era original da cidade de Xanxerê, em Santa Catarina. Em cativeiro, um macaco-prego vive até 50 anos.

O animal já havia fugido uma vez, em 2017. Na ocasião, Latino fez um apelo nas redes sociais, pedindo ajuda para encontrar o bichinho. Ele foi localizado dias depois, próximo ao lago do aeroporto de Jacarepaguá.

Publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade