Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trump é referência de Lars von Trier para filme de serial-killer

Novo longa do diretor de 'Dogville' e 'Anticristo' deve ser estrelado pelo galã Matt Dillon

Quem disse que Donald Trump não tem qualquer valor para o cinema? Para o dinamarquês Lars von Trier, diretor de longas como Dogville (2003), Anticristo (2009) e Ninfomaníaca (2013 e 2014), Trump serve de inspiração. Inspiração para um filme sobre um serial-killer, é verdade, mas ainda assim uma inspiração.

Pelo menos, é a Trump que Lars von Trier recorre para explicar a importância de The House That Jack Built, longa previsto para 2018 com o galã americano Matt Dillon à frente do elenco. O filme vai acompanhar o personagem de Dillon por 12 anos, mostrando, crime a crime, como ele se torna um serial-killer.

“O filme trabalha com a ideia de que a vida é má e sem alma, o que está sendo tristemente provado pela ascensão do homos-trumpus”, disse o cineasta, segundo o site do jornal britânico The Guardian.

 

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Improdutivo, mas Recebo!

    Trump já havia dito que o capital comunista chines havia comprado boa parte da imprensa mundial e em especial a americana, quanto a hollywood, isso já estava consolidado a tempo. O inimigo estava infiltrado para desconstruir a sociedade americana faz tempo. A guerra ainda nem começou. Go Trump, Go!!!

    Curtir

  2. Improdutivo, mas Recebo!

    Mais informações no canal InfoWars no youtube.

    Curtir

  3. Vanessa Pereira

    Ué, não vão usar a foto dele para fazer aquele cocô em público como fizeram com Bolsonaro??? A insanidade esquerdista não conhece limites, mesmo a maior baixeza e a mais profunda degradação humana esses vermes esquerdopatas conseguem explorar.

    Curtir

  4. Discordar do Trump é um direito das pessoas, eu mesmo discordo, mas querer associa-lo como pessoa a um serial killer e outros absurdos que eu já vi depois que ele ganhou as eleições é algo baixo, sujo, asqueroso.
    Esses artistas se dizem pregadores da paz e da fraternidade no entanto são vingativos, intolerantes e tem o coração cheio de ódio.

    Curtir

  5. A esquerdinha contra o Trump. Go Trump, go

    Curtir

  6. Ronaldo Serna Quinto

    Só se for pra assassinar o politicamente correto ou pra se contrapor à incoerência da esquerda!!!

    Curtir