Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Trump é referência de Lars von Trier para filme de serial-killer

Novo longa do diretor de 'Dogville' e 'Anticristo' deve ser estrelado pelo galã Matt Dillon

Por Redação - Atualizado em 18 ago 2018, 14h35 - Publicado em 14 fev 2017, 11h43

Quem disse que Donald Trump não tem qualquer valor para o cinema? Para o dinamarquês Lars von Trier, diretor de longas como Dogville (2003), Anticristo (2009) e Ninfomaníaca (2013 e 2014), Trump serve de inspiração. Inspiração para um filme sobre um serial-killer, é verdade, mas ainda assim uma inspiração.

Pelo menos, é a Trump que Lars von Trier recorre para explicar a importância de The House That Jack Built, longa previsto para 2018 com o galã americano Matt Dillon à frente do elenco. O filme vai acompanhar o personagem de Dillon por 12 anos, mostrando, crime a crime, como ele se torna um serial-killer.

“O filme trabalha com a ideia de que a vida é má e sem alma, o que está sendo tristemente provado pela ascensão do homos-trumpus”, disse o cineasta, segundo o site do jornal britânico The Guardian.

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade
Publicidade