Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tom Holland intercedeu por Homem-Aranha no acordo entre Disney e Sony

Ator fez diversos apelos aos chefões dos dois estúdios para que o herói ganhasse mais um filme amparado pela Marvel

O imbróglio entre Sony Pictures e Disney, que quase tirou o Homem-Aranha do Universo Cinematográfico Marvel (MCU), foi resolvido com uma mãozinha do ator Tom Holland, atual dono do figurino do super-herói nos cinemas. Segundo o Hollywood Reporter, o jovem de 23 anos fez múltiplos apelos ao presidente da Disney, Bob Iger, e ao chefão da Sony, Tom Rothman, para que a Marvel produzisse o terceiro filme da franquia e incluísse o Homem-Aranha em pelo menos mais um longa do MCU.

Holland teria se inspirado nos muitos fãs que imploraram nas redes sociais para que o herói aracnídeo permanecesse na Marvel. Os apelos foram atendidos no dia 27 de setembro, quando a Sony anunciou que o herói continuaria no MCU para um novo filme.

No acordo, o longa está previsto para 16 de julho de 2021, e a produção fica com os dois poderosos de ambos os estúdios, Kevin Feige (Marvel) e Amy Pascal (Pascal Pictures) — Amy foi presidente da Sony Pictures até 2015. Mais detalhes sobre as negociações não foram reveladas.

Entenda o caso

Em agosto, o presidente dos estúdios Marvel, Kevin Feige, afirmou que não produziria mais filmes do Homem-Aranha e que o personagem deixaria o Universo Cinematográfico da Marvel se a Disney e a Sony Pictures (que detém os direitos do herói) não chegassem a um acordo. O estúdio do Mickey, que detém 5% da bilheteria da nova fase do Homem-Aranha, pediu que as arrecadações dos próximos filmes do herói fossem de 50% para cada estúdio. A Sony, que fica com os outros 95%, recusou a proposta. Segundo o The Hollywood Reporter, a Disney conseguiu um acordo mais satisfatório na fatia da arrecadação. Detalhes do acordo financeiro feito entre as duas empresas ainda não foram divulgados.

Os dois longas mais recentes do personagem foram bem em bilheteria, seguindo a tradição de seus títulos anteriores — Tobey Maguire e Andrew Garfield protagonizaram a franquia antes de Holland. Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017) fez 880 milhões de dólares em bilheteria no mundo.  Já Homem-Aranha: Longe de Casa, lançado no começo de julho deste ano, superou 007 – Operação Skyfall e se tornou o maior sucesso de bilheteria da Sony, ao arrecadar mais de 1,1 bilhão de dólares.