Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tom Cruise foi seminarista aos 14 anos; veja foto

Após fugir do pai com a mãe e três irmãs para outro estado, ator foi convencido por padre a estudar em seminário

Por Da Redação - 9 jul 2012, 13h49

Muito antes de abraçar a cientologia e tornar-se o seu maior divulgador no mundo todo, Tom Cruise era um católico fervoroso. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira pelo site Daily Beast, que conseguiu contato com o padre que recrutou o ator quando criança para estudar em um seminário.

Leia também:

Cientologia: a crença de outra galáxia

Katie Holmes vai interpretar mãe solteira no cinema

Continua após a publicidade

Galeria de fotos: O casamento de Tom Cruise e Katie Holmes

Conhecido como padre Ric, ele conta que convenceu Cruise a tornar-se seminarista quando o ator tinha apenas 14 anos. Após ouvir uma palestra do padre na escola em que estudava em Louisville, no estado de Kentucky, o ator ficou interessado e pediu que Ric conversasse com sua mãe. Eles haviam acabado de se mudar para a cidade, após a mãe de Cruise ter abandonado o marido e fugido com os filhos. O pai os seguiu até Louisville e tentou a reconciliação, mas não conseguiu, e o casal se divorciou pouco depois do aniversário de 13 anos de Cruise. Em algumas entrevistas, Cruise já disse que o pai era agressivo. Em 2006, ele falou à revista Parade que o pai era um “bully covarde”.

Cruise estudou no seminário franciscano St. Francis, em Mount Healthy (próximo a Cincinnati), no estado de Ohio, nos Estados Unidos. Segundo o padre, assim como muitos de seus colegas, Cruise apenas frequentava o local para estudar, e não tinha nenhuma intenção séria de se tornar um padre. No entanto, ele era forçado a cumprir as ordens severas e a mesma rotina de um devoto. “Havia missas diárias, orações de manhã, à tarde, antes e depois das refeições”, disse um dos antigos colegas de Cruise, Don Weller.

A mulher de Cruise, Katie Holmes, anunciou no último dia 29 de junho que o casal está se divorciando. De acordo com a imprensa de celebridades, Katie quer a custódia total da filha Suri, de 6 anos, para evitar que a menina seja doutrinada na cientologia. As excentricidades da doutrina da igreja teriam sido o estopim para o fim da união. O casal tenta negociar amigavelmente os detalhes do divórcio, como a guarda da filha, visitação, pensão e bens.

Publicidade