Clique e assine a partir de 9,90/mês

‘The Voice’: Teló diz que escolha do público é o ‘problema’

O episódio desta quinta mostrou, no entanto, que o sertanejo está certo em partes

Por Daniel Dieb - 27 nov 2015, 11h59

O jurado Michel Teló deixou clara sua opinião sobre a abertura do The Voice Brasil para o voto popular. Durante o programa, exibido nesta quinta-feira, o sertanejo falava sobre o desempenho de seu time quando foi interrompido por Tiago Leifert, que revelaria o resultado da votação do público. “Esse é o problema”, disse Teló, rindo. O cantor, já um saco de patadas dos colegas, ouviu de Lulu Santos o contrário, que o público seria a “solução”. Com tom de ironia, Claudia Leitte aproveitou o meme criado por Mc Melody e fez um pedido ao intérprete de Ai Se Eu Te Pego: “Teló, mostra para esse povo um pouco de cultura!”. Em partes, o sertanejo tinha razão. O público errou a mão ao eleger alguns participantes que não mereciam ser salvos.

LEIA TAMBÉM:

‘Eu gosto da minha estrutura física’, diz Claudia Leitte (quem mais?)

‘The Voice’ tem noite de patadas — ao vivo, sem chance de edição

Continua após a publicidade

As pérolas e os petardos do ‘The Voice Brasil’

‘The Voice’: Claudia Leitte cai no choro no final das batalhas

Depois de Leifert revelar que, no time de Teló, Eduardo Santa Fé venceu a votação e foi salvo pelo público, o sertanejo então escolheu Matteus e se despediu de Franciele Karen, que não fez uma boa apresentação, e saiu do reality. Para fechar o programa, Teló “mostrou sua cultura” e cantou ao lado do convidado especial Daniel, jurado que ocupou sua cadeira na última temporada. A dupla entoou Romaria, de Renato Teixeira.

Quem se viu em uma enrascada antes de Teló foi Lulu Santos, que teve de optar entre as boas vozes e apresentações de Marcos Matarazzo e Jonatta Lima, pois o público elegeu Tori Huang. Uma pena, já que a jovem não deu o seu melhor e chegou a falhar na entonação da música We Found Love, conhecida na voz de Rihanna. O jurado, então, chamou Lima, que havia interpretado de forma quase impecável Acaí, de Djavan. Já Matarazzo foi de Bohemian Rhapsody, do Queen, canção difícil, que levou o rapaz a eliminação.

Continua após a publicidade

Já o time de Carlinhos Brown abriu a noite com Adna Souza, cujo longo vestido branco se esticava por todo o palco. Ela cantou Uma Louca Tempestade, música de Antônio Villeroy e Bebeto Alves, famosa na voz de Ana Carolina, que tem um timbre parecido com o da jovem caloura de 17 anos. Após Adna, veio Agnes Jamille com Like a Star, de Corinne Bailey Rae, canção que agradou aos espectadores e salvou a moça da eliminação. Uma pena, Adna era melhor. Restou a Brown escolher entre a jovem do Paraná e Paula Sanffer, que impressionou com sua versão de Chove Chuva, de Jorge Ben Jor. O baiano pensou, divagou, e escolheu Paula para continuar na competição.

A decisão mais complicada da noite ficou com Claudia Leitte, que teve de optar entre Allice Tirolla, Nikki e Wiilian San’Per. Não com a excelência de Adele, mas com uma força impressionante, Allice foi de Skyfall, música-tema de 007 contra Skyfall, e ganhou o público. Nikki repaginou Não Para, de Anitta, com um tom de jazz, enquanto San’Per dançou e fez beatbox na versão de Réu Confesso, de Tim Maia. Antes de escolher entre os dois, Claudia ouviu Leifert falar que ela “iria perder” com a decisão, e a cantora quebrou o gelo ao responder: “Não vim para essa vida para perder. Para de show que você não é paquita, Tiago”. Depois da brincadeira ela ainda enrolou mais um pouco, imitou Carlinhos Brown puxando a torcida, e elegeu Nikki como vencedora.

A fase dos shows ao vivo terá mais duas noites, nos dias 3 e 10 de dezembro, para definir os semifinalistas do programa. Veja abaixo como estão os times do The Voice Brasil:

Publicidade