Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘The Guardian’ publica áudio de declarações de Michael Douglas sobre câncer

O jornal britânico The Guardian publicou na íntegra, em seu site, o trecho da entrevista em que o ator americano Michael Douglas afirma que o tipo de câncer de que sofreu, um tumor na garganta, pode ser provocado pelo vírus HPV contraído por sexo oral. A atitude do Guardian foi motivada pela declaração do agente do ator, Allen Burry, que em declaração ao jornal USA Today negou o conteúdo das declarações de Douglas. Segundo Burry, o ator disse que o tipo de câncer que teve pode ser causado por HPV, mas não que o seu o foi.

LEIA TAMBÉM:

Michael Douglas nega ter atribuído seu câncer à prática de sexo oral

Michael Douglas diz que câncer o fez dar mais valor à família

No trecho da entrevista publicado pelo Guardian, um repórter pergunta a Douglas se ele sente que abriu caminho para o câncer pelo consumo de cigarros, álcool ou drogas. Rindo, o ator responde que não e que, sem querer “ser muito específico”, o tipo de tumor de que foi vítima é “causado por algo chamado HPV, que pode ser contraído na cunilíngua”.

A partir dessa resposta, o repórter entendeu que Douglas falava do seu caso, análise feita numa conversa cara a cara com o ator. “The Guardian rejeita firmemente a acusação de erro de interpretação (do repórter). O Sr. Burry não estava presente à entrevista com Douglas. As duas únicas pessoas presentes ao local foram o ator e o repórter, Xan Brooks.”

Um porta-voz do Guardian News & Media informou que o grupo não recebeu nenhuma queixa procedente do ator ou de seu agente.

(Com agência EFE)