Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Teve batucada no rock do Red Hot Chili Peppers

Participação do percussionista brasileiro Mauro Refosco foi ponto alto do show da banda americana que se apresentou nesta quarta no Arena Anhembi, em SP

Pena que o baixista Flea acabou pisando na bola ao tentar se mostrar inserido na cultura brasileira. Exceto pelos “obrigados”, repetidos muitas vezes ao longo do show, o baixista usou o espanhol para se comunicar com a plateia. “Mucho gusto de estar aqui”, soltou

Assim que subiu ao palco do Arena Anhembi, com vinte minutos de atraso, o vocalista do Red Hot Chili Peppers, Anthony Kieds, enrolou uma bandeira do Brasil nos instrumentos de percussão no palco. Essa não seria a primeira nem a única vez que se faria alusão ao país que recebeu a turnê I’m With You nesta quarta. A participação do percussionista brasileiro Mauro Refosco no show fez a batucada invadir o rock da banda californiana, além de ter sido um dos pontos altos da apresentação.

Aguardada pelos fãs brasileiros, que até planejaram um grito de torcida em sua homenagem, a entrada de Refosco no palco foi deixada para a segunda metade do setlist, a lista de músicas. Antes disso, o vocalista Anthony Kiedis, o baixista Michael “Flea” Balzary, o baterista Chad Smith e o guitarrista Josh Klinghoffer corresponderam às expectativas do público. No setlist, canções famosas do grupo, como Scar Tissue, Under the Bridge, By The Way e Californication. No palco, Kiedis mostrou estar em plena forma ao repetir a performance elétrica que virou marca registrada dos shows da banda. Flea também não deixou a desejar. Sem camisa, pulou, abusou do head bang (balançar a cabeça) e das simulações de mosh (pulo do palco sobre a plateia).

Anthony Kiedis,vocalista do Red Hot Chili Peppers, canta no show I'm With You Anthony Kiedis,vocalista do Red Hot Chili Peppers, canta no show I’m With You

Anthony Kiedis,vocalista do Red Hot Chili Peppers, canta no show I’m With You (/)

Junto com a entrada de Refosco, foi interpretada uma das cinco músicas do disco que dá nome à turnê, lançado no fim de agosto. Did I Let You Know é quase um afoxé acompanhado da guitarra pesada do rock do Red Hot Chili Peppers. Uma das melhores músicas do show, apesar de não ter empolgado tanto a plateia quanto outros hits da banda tocados à exaustão nas rádios brasileiras nas duas últimas décadas.

Junto com o baterista Chad Smith, Refosco fez um ótimo improviso para entreter a plateia durante o breve intervalo antes do bis, que terminou com a performance apoteótica de Anthony Kiedis em Give It Away — sem camisa e sem o boné que cobriu seu penteado no mínimo exótico durante todo o show. A franja comprida finalmente mostrou seu propósito, quando Kiedis chacoalhou a cabeça sem parar no ritmo do rock pesado.

Pena que o baixista Flea acabou pisando na bola ao tentar se mostrar inserido na cultura brasileira. Exceto pelos “obrigados”, repetidos muitas vezes ao longo do show, o baixista usou o espanhol para se comunicar com a plateia. “Mucho gusto de estar aqui”, soltou.

Antes disso, Flea deu mais uma demonstração de sua ligação com o Brasil e recitou nomes de craques do futebol como Kaká, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho.

Novo guitarrista – A turnê de I’m With You é a primeira de Josh Klinghoffer no posto de guitarrista do Red Hot Chili Peppers. Ele substituiu John Frusciante, que anunciou a separação definitiva da banda após muitas idas e vindas. O novato acompanhou bem os improvisos do veterano Flea, apesar de parecer inseguro no palco e, nos momentos em que esmerilhava na guitarra, procurava ficar sempre de frente para o baixista, como se quisesse conferir a exatidão dos acordes.

Klinghoffer chamou mesmo a atenção quando errou os primeiros acordes de Under The Bridge. “Vamos tentar mais uma vez”, disse Anthony Kiedis ao perceber que o novato havia se atrapalhado com o sampler — que injeta trechos de outras canções incidentalmente a música.

O Red Hot Chili Peppers toca neste sábado no Rock in Rio.