Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tela de Frida Kahlo é leiloada por recorde de US$ 8 milhões

Até então, melhor marca da artista mexicana foi em 2006, com 5,6 milhões de dólares

O quadro de Frida Kahlo, Dos Desnudos en el Bosque (La Tierra Misma), de 1939, foi vendido por 8 milhões de dólares (cerca de 27 milhões de reais) em um leilão promovido pela Christie’s, em Nova York – um recorde para a pintora mexicana. O valor mais alto registrado até então por uma tela da pintora mexicana era de Raíces (1943), que em 2006 obteve 5,6 milhões de dólares (19,5 milhões de reais na cotação atual) em um leilão da Sotheby’s, também em Nova York.

LEIA TAMBÉM:

Escultura de Rodin leiloada por recorde de US$ 20 milhões

Caravaggio encontrado em sótão na França é autêntico

Frida Kahlo (1970-1954) foi a primeira artista plástica latino-americana a superar a marca de 1 milhão de dólares, com sua tela Diego y Yo, comprado por 1,4 milhão de dólares em 1990. Sua personalidade, seu estilo e o pequeno número de obras fazem dela uma das artistas mais exclusivas da América Latina.

Antes do leilão, já estava previsto que Dos Desnudos en el Bosque será exibido no Museu de Arte da Filadélfia, nos Estados Unidos, durante a exposição Pintar a Revolução: O Modernismo Mexicano, 1910-1950. A mostra começa em outubro e segue para o Palácio de Bellas Artes do México em 2017.

(Da redação com agência France-Presse)