Clique e assine a partir de 9,90/mês

Teatros londrinos batem recorde de arrecadação pelo 8º ano consecutivo

Por Da Redação - 31 jan 2012, 09h48

Londres, 31 jan (EFE).- Os teatros de West End, como é reconhecido o circuito de grandes palcos do centro da capital britânica, bateram o recorde de arrecadação na bilheteria pelo oitavo ano consecutivo em 2011, alcançando 631,4 milhões de euros.

Os números, divulgados nesta terça-feira pela Sociedade de Teatro de Londres (SOLT, na sigla em inglês), fazem parte de um balanço que acompanha as bilheterias de 52 salas de teatros de Londres, o qual evidência que em 2011 a venda de ingressos aumentou 3,1% em relação ao ano de 2010.

Segundo a organização, o aumento na venda dos ingressos foi embalado por algumas estréias de musicais, caso de ‘Matilda’, e também pelos espetáculos de grande sucesso, como ‘Os Miseráveis’, que há 26 anos consecutivos é apresentando na capital britânica.

O aumento na arrecadação das bilheterias também foi amparado pelo êxito de novas produções, como a versão de ‘Frankenstein’, assinada pelo diretor de cinema Danny Boyle, a premiada ‘Jerusalém’ e a comédia ‘One Man, Two Guvnors’.

Continua após a publicidade

Por outro lado, a frequência geral dos espetáculos registrou uma queda de 1,73%, marcando 13,9 milhões de pessoas. Segundo a SOLT, essa queda pode ser atribuída à aposta por grandes espetáculos, os quais obrigam os teatros a fecharem suas portas durante mais tempo para preparar suas montagens.

Apesar da queda de público, a SOLT assinalou que a frequencia média a cada atuação continuou subindo em 2011, fator fundamental para o aumento na arrecadação das bilheterias.

‘Estamos muito orgulhosos que nossos teatros tenham conseguido de novo um novo recorde de vendas anuais, com muitos espetáculos alcançando novas marcas de forma individual’, afirmou o presidente da SOLT, Mark Rubinstein, que espera que este ano seja ainda melhor, já que Londres receberá muitos turistas por conta dos Jogos Olímpicos.

A otimista previsão do presidente da SOLT contradiz com as declarações do compositor e produtor teatral Andrew Lloyd Webber, que advertiu recentemente que as Olimpíadas de Londres será uma espécie de ‘sangria’ para os teatros, já que ‘a maioria das salas terá que fechar suas portas’ por falta de público.

Continua após a publicidade

Em entrevista radiofônica à ‘BBC’, o autor de ‘Evita’ e ‘Cats’ disse que ‘ninguém vai querer ir ao teatro’ durante o verão. O evento esportivo será realizado na capital britânica entre os dias 27 de julho e 12 agosto. EFE

Publicidade