Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Taylor Swift, enfim, fala sobre ex Harry Styles: ela foi traída

A cantora autorizou uma fonte próxima a ela a contar todos os detalhes do relacionamento a uma repórter da revista 'Vanity Fair'

Embora sempre fale sobre seus relacionamentos nas letras de suas músicas, Taylor Swift nunca foi específica sobre o assunto em nenhuma entrevista. Mas a cantora decidiu abrir o jogo à revista Vanity Fair, da qual é capa da edição de abril, e permitiu que a repórter da publicação, Nancy Jo Sales, conversasse com alguém próximo a ela para saber tudo sobre sua vida amorosa. Um dos principais assuntos foi, claro, o namoro-relâmpago com Harry Styles, do One Direction. Que terminou — pam, pam, pam — após uma traição do cantor.

Leia também:

A fila andou (de novo) para Taylor Swift

Taylor Swift na capa da Vanity Fair Taylor Swift na capa da Vanity Fair

Taylor Swift na capa da Vanity Fair (/)

Segundo a fonte autorizada pela cantora, Styles “perseguiu” Taylor por cerca de um ano. “Ele estava todo ‘Você é incrível, eu quero ficar com você, quero fazer isso'”, disse a pessoa, que não teve sua identidade revelada pela revista. No entanto, tudo foi desmoronando à medida em que Taylor não sentia que o compromisso de Styles com ela era sério.

Leia também:

Disco de Taylor Swift tem melhor estreia da década

De acordo com a fonte da revista, o relacionamento dos dois terminou quando ele mandou um torpedo a ela pedindo desculpas por uma foto que circulava na internet na qual ele beijava, segundo ele, uma “amiga”. “Eles estavam se beijando de verdade, com as mãos nos cabelos um do outro”, disse a fonte.

Após o término, Styles teria perseguido a cantora até que ela decidiu aceitá-lo de volta. “Mas todo o tempo ela sentia que ele estava olhando para outras garotas”. O ponto final foi dado quando Styles simplesmente desapareceu quando eles estavam passando um tempo juntos em Londres. “Ele a deixou exausta”, disse a fonte.

Leia também:

Taylor Swift, a jovem celebridade mais lucrativa do mundo

Os fãs brasileiros são realmente malucos, diz Taylor Swift

Embora a revista afirme que a fonte foi autorizada por Taylor a dar detalhes de sua vida amorosa, a publicação afirma que o porta-voz da cantora, Benny Tarantini, afirma que tudo o que foi dito é “completamente falso”.

Irritação – A sempre boazinha Taylor se mostrou um pouco irritada quando a repórter da revista perguntou se ela é “namoradeira”. “Acho meio sexista retratar como insana, pegajosa e namoradeira uma mulher que escreve sobre seus sentimentos de maneira confessional”, disse. Com fama de volúvel, a cantora Taylor Swift garantiu, na mesma entrevista, que desde 2010 só namorou dois rapazes (Styles e Connor Kennedy, sobrinho-neto de JFK). A lista de supostos affaires de Taylor é extensa. Além de Styles e Kennedy, ela também já teria saído com Jake Gyllenhaal, Taylor Lautner, Joe Jonas e John Mayer, isso só para citar os relacionamentos que se tornaram públicos — agora, ela estaria com o cantor Ed Sheeran. “Alguns desses caras eu só abracei no tapete vermelho, almocei junto ou encontrei para fazer uma música… é meio ridículo”, disse a cantora sobre o assédio da mídia. “É por isso que eu tento evitar essa cultura de tabloide, porque eles transformam você em um personagem ficcional.” A fonte da revista confirmou que Taylor namorou Kennedy, mas a relação durou apenas dois meses. No caso dos namoros com Jake Gyllenhaal e John Mayer, ela acabou se machucando por causa da diferença de idade — na época dos relacionamentos, a cantora ainda mal tinha 20 anos, e eles já estavam em seus 30 e poucos.