Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Taylor Swift anuncia datas de sua nova turnê mundial

Cantora vai passar por oito países na divulgação do álbum '1989', que atingiu o topo das paradas britânicas

Por Da Redação - 3 nov 2014, 19h19

A cantora Taylor Swift anunciou nesta segunda-feira a agenda da turnê mundial do seu novo álbum, 1989, lançado na última semana. Entre 20 de maio e 31 de outubro de 2015, ela vai visitar oito países. São eles: Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Escócia, Alemanha, Holanda e Austrália. A América Latina não entrou na agenda.

O quinto disco da ex-estrela do country – agora popstar – atingiu o topo das paradas britânicas ao vender 90.000 cópias. Com o feito, ela se tornou a artista feminina com maior vendagem em uma semana no Reino Unido em 2014, superando a vencedora do reality show The X Factor Sam Bailey, que viu seu álbum de estreia The Power Of Love ter 72.000 cópias comercializadas em março.

Leia também:

Por que Taylor Swift vai salvar a indústria musical

Publicidade

Taylor Swift recebe 89 fãs em casa para ouvir ‘1989’

Novo CD de Taylor Swift já teria vendido 600.000 cópias

Nos Estados Unidos, Taylor é apontada como a esperança do mercado fonográfico, que não viu nenhum artista superar a marca de 1 milhão de cópias vendidas em 2014. De acordo com a revista Billboard, ela teria superado a marca dos 600.000 logo no dia de lançamento e deve chegar a 1,2 milhão nesta quarta-feira, quando é divulgada a relação da Billboard 200, lista dos álbuns mais vendidos em uma semana no país.

Publicidade

Out of the Woods

“Olhando para ele agora / Tudo parece tão simples / Estávamos deitados no sofá / eu me lembro / Você tirou uma Polaroid de nós / Então descobriu / o resto do mundo era preto e branco / Mas estávamos em cores gritantes / E eu me lembro de pensar / Será que estamos fora de perigo ainda?”, diz um trecho do single Out of the Woods, do novo álbum da cantora, 1989, dedicado ao cantor Harry Styles, da banda One Direction. O namoro dos dois durou pouco mais de dois meses, entre outubro de 2012 e janeiro de 2013, o suficiente para inspirar a cantora.

Our Song

“Ele tinha uma mão no volante/ E a outra em meu coração/ Olhei em volta, desliguei o rádio/ Ele disse ‘Baby, há algo errado?’/ Eu disse ‘Nada, estava só pensando como nós não temos uma canção’”. Primeira música dedicada a um ex-namorado, não se sabe qual, da cantora, antes da fama.

Publicidade

Should’Ve Said No

“Você devia ter dito ‘não’, ido pra casa/ Devia ter pensado duas vezes antes de botar tudo a perder/ Devia ter recusado, mas o que fez com ela/ Chegou aos meus ouvidos.” Pela primeira vez, Taylor transforma o término de um relacionamento conturbado em sucesso. A música foi dedicada a um ex-namorado do colegial que a traiu.

Picture to Burn

“Eu odeio essa estúpida caminhonete velha/ Que você nunca me deixa dirigir/ Você é um caipira, destruidor de corações/ Que é realmente um péssimo mentiroso.” O caipira não chegou a ser namorado de Taylor Swift, mas arrogância do rapaz, com quem ela saiu algumas vezes, serviu de inspiração para a letra virulenta.

Publicidade

Forever and Always

“E eu olho para o telefone/ Ele ainda não ligou/ E você se sente tão fraca, que não consegue sentir mais nada/ E você relembra quando ele falou/ ‘Para sempre e sempre’.” Dedicada ao músico Joe Jonas, dos Jonas Brothers, que terminou o namoro pelo telefone. A primeira canção dedicada a um ex-namorado famoso.

Dear John

“Bem, talvez a culpa seja minha e de meu otimismo cego/ Talvez você e sua necessidade doentia de dar amor e tirar depois/ E você vai adicionar o meu nome a sua longa lista de traidores/ E eu vou olhar para trás e lamentar como eu ignorei quando diziam ‘Corra o mais rápido que puder’.” Pelo nome não há como esconder que a música foi dedicada ao cantor John Mayer e ao tratamento que ele dava à sua ex-namorada. Em entrevista à revista americana Rolling Stone, Mayer contou que se sentiu humilhado com a canção.

Publicidade

The Story of Us

“Agora estou sozinha em uma sala lotada/ E não estamos nos falando/ E eu estou morrendo de vontade de saber: isso mata você de alguma forma, como mata a mim?/ Eu não sei o que dizer sobre a reviravolta do destino quando tudo se quebrou/ E nossa história se parece com uma tragédia agora.” Outra música dedicada ao conturbado fim de namoro com John Mayer.

Back to December

“Desejava ter percebido o que tinha quando você era meu/ Eu volto para dezembro, mudo tudo/ E faço tudo certo/ Eu volto para dezembro toda hora.” Dedicada ao ator Taylor Lautner. A cantora, arrependida, admite ser a culpada pelo fim do namoro.

Publicidade

We Are Never Ever Getting Back Together

“Eu digo que odeio você, terminamos, você me liga, eu amo você/ Você voltou atrás mais uma vez na noite passada/ Mas, desta vez, estou lhe dizendo/ Nós nunca, nunca, nunca vamos voltar.” Apesar de Taylor Swift nunca ter confirmado, os fãs da cantora insistem que a música foi feita para o seu namorado no final de 2012, o ator Jake Gyllenhaal.

Safe & Sound (2011)

A música foi gravada para a trilha sonora do filme Jogos Vorazes em parceria com a dupla de folk The Civil Wars, formada por Joy Williams e John Paul White.

Publicidade

Tim McGraw (2006)

A música é o primeiro single de seu álbum estreia, Taylor Swift, lançado em 2006. O título da canção se refere ao cantor de country Tim McGraw, famoso nos Estados Unidos.

 

Love Story (2008)

Faixa de seu segundo álbum de estúdio, Fearless, de 2008, a música foi responsável pelo início do sucesso internacional da cantora e se tornou um dos singles mais vendidos de todos os tempos.

 

Publicidade

White Horse (2008)

Também faixa do álbum Fearless, a canção rendeu dois prêmios no Grammy de 2010 nas categorias de melhor música country e melhor performance country feminina.

 

 

You Belong With Me (2009)

Das três indicações que recebeu ao Grammy de 2010 (Gravação do Ano, Música do Ano e Melhor performance feminina de música pop), a música não levou nenhum desses prêmios para casa, perdendo para Kings of Leon na primeira categoria e para Beyoncé nas outras duas.

 

Publicidade

Back to December (2010)

A canção é o segundo single no terceiro álbum da americana, Speak Now (2010). Alguns dizem que a música foi escrita para pedir desculpas a seu ex-namorado, o ator Taylor Lautner, o lobisomem da saga Crepúsculo.

 

Mean (2011)

Faixa de seu terceiro disco, a canção ganhou os prêmios do Grammy de 2012 nas categorias de melhor canção country e melhor performance country solo.

 

Publicidade

Long Live (2012)

A canção é um dueto entre Taylor Swift e a cantora sertaneja Paula Fernandes, lançado no início deste ano.

 

Publicidade