Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tarantino processa site que vazou roteiro de seu filme

Em resposta ao diretor, o portal Gawker diz que vai assumir a briga

Quentin Tarantino mostrou-se indignado com o vazamento do roteiro de The Hateful Eight. Ao descobrir que a história já estava na internet, o diretor desistiu de filmá-la. Segundo o site da revista The Hollywood Reporter, Tarantino entrou com uma ação de direitos autorais contra a empresa Gawker Media, que controla o site Gawker. Ele culpa o site por ter facilitado a disseminação de cópias do roteiro.

Leia também:

Tarantino desiste de filme após vazamento de roteiro

Tarantino revela que próximo filme será outro faroeste

O diretor afirmou em entrevista ao site Deadline, na última semana, que não vai filmar The Hateful Eight por estar decepcionado com o vazamento. Dias depois, o blog Defamer, pertencente ao site Gawker, publicou uma nota com links para páginas que continham o roteiro completo. “A Gawker Media fez um jornalismo predatório, violando os direitos das pessoas de ganhar dinheiro”, diz o documento, que também acusa o site de ter incentivado leitores a conhecer a história de forma ilegal. “Desta vez, eles foram longe demais. Em vez de apenas publicar uma notícia afirmando que o roteiro do requerente (Tarantino) estaria circulando em Hollywood sem sua permissão, a Gawker Media cruzou a linha jornalística ao se promover como a primeira fonte a divulgar o roteiro completo de forma ilegal.”

O processo exige reparação de danos materiais e legais além de uma parcela do lucro da Gawker Media, no valor de 1 milhão de dólares.

Resposta – Em resposta à ação, o site Gawker postou uma nota em que nega ter vazado o roteiro e afirma que a empresa vai “até o fim” com o processo. “Alguém desconhecido do Gawker colocou o roteiro em um site chamado AnonFiles e outra pessoa desconhecida colocou em um site chamado Scribd. Na última quinta-feira, Gawker recebeu a dica de um leitor informando que o roteiro estava disponível no AnonFiles, depois que nós publicamos uma notícia sobre o vazamento do script”, diz a nota no site, assinada por seu editor, John Cook.

Cook afirma que ninguém na Gawker Media tinha acesso ao roteiro antes de sua publicação no AnonFiles. “Ninguém na Gawker repassou o script – ou qualquer outra coisa – ao AnonFiles. Ninguém na Gawker encorajou outras pessoas a fazer isso. Ninguém na Gawker tem qualquer ideia de como o AnonFiles conseguiu uma cópia.”

A empresa acusa Tarantino de querer chamar a atenção ao transformar o vazamento em notícia. “O blog Defamer publica informações sobre o que as pessoas em Hollywood estão comentando. Graças à estratégia de publicidade de Tarantino, o vazamento de The Hateful Eight e o conteúdo do roteiro foram amplamente discutidos online.”

Cook afirma que a empresa vai até o fim com o processo. “Nós vamos lutar nessa batalha.”