Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tal mãe, tal filha: Dina Lohan terá que cumprir 100 horas de trabalho comunitário

A mãe de Lindsay Lohan foi condenada por dirigir embriagada e ultrapassar o limite de velocidade em uma rodovia de Long Island, nos Estados Unidos

Dina Lohan, 51 anos, está dando mostras de que a filha, Lindsay, teve a quem puxar na família quando o assunto é problemas com a Justiça. A mãe de Lindsay Lohan foi condenada nesta terça-feira por dirigir embriagada e ultrapassar o limite de velocidade em uma rodovia de Long Island, nos Estados Unidos, em setembro de 2013. Dina vai ter que pagar uma multa de 3.000 dólares, cumprir 100 horas de serviço comunitário e participar de um programa para motoristas alcoólicos.

Leia também:

Em reality show, Lindsay Lohan diz que sofreu aborto

Lindsay Lohan se diz ‘prisioneira’ em série para a TV

Computador com fotos de Lindsay Lohan nua é roubado

A mãe de Lindsay evitou a prisão, mas teve a carteira de habilitação suspensa por um ano ao se declarar culpada no julgamento. Ela alegou que fugia dos paparazzi quando foi flagrada por policiais dirigindo a 125 quilômetros por hora em uma área onde a velocidade máxima permitida é de 90 quilômetros por hora. O nível de álcool em seu sangue era o dobro do limite legal, como revelaram os exames médicos posteriores.

Lindsay Lohan tem um longo histórico de abuso de drogas e acidentes de trânsito. O álcool e seus problemas ao volante são um denominador comum nas andanças da atriz que, em 2005, quando ainda era menor de idade, já participava de reuniões de Alcoólatras Anônimos. Após idas e vindas da cadeia, julgamentos e clínicas de reabilitação, Lindsay foi autorizada a voltar para casa em julho de 2013. Desde então, ela tem conseguido se ver livre de grandes problemas.

(Com agência EFE)