Clique e assine a partir de 9,90/mês

Taís Araújo se emociona na despedida do ‘Saia Justa’

Atriz não conseguiu segurar as lágrimas na gravação de sua última participação no programa da GNT

Por Alex Xavier - Atualizado em 30 nov 2017, 12h45 - Publicado em 30 nov 2017, 01h00

A atriz Taís Araújo se despediu na noite desta quarta-feira de seu posto no programa Saia Justa, da GNT. Em sua última participação, transmitida ao vivo desde o Teatro Opus, em São Paulo, ela se emocionou ao lado das colegas de palco Pitty, Astrid Fontenelle e Mônica Martelli e das convidadas Cláudia Raia e Mônica Iozzi.

“Meu plano era ficar, mas, infelizmente, não dá para estar em todos os lugares que gostaria”, disse às lágrimas no final. “É tão bonito o que a gente construiu que eu fiquei inventando desculpa para não ir.”

O programa falou sobre o que significa ser paulistano – e evitou temas polêmicos. Na última semana, Taís foi alvo de ironias e até ataques na internet depois de afirmar durante uma palestra no evento TEDXSão Paulo que a cor de seu filho “faz com que as pessoas mudem de calçada”. Um dos que debochou da frase nas redes sociais foi o presidente da EBC (Empresa Brasil de Comunicação), Laerte Rimoli, que depois se desculpou.

O clima na gravação, contudo, era festivo. Entre fãs, que chegaram cedo para garantir lugar na plateia – alguns não deram sorte e ficaram de fora –, havia famosos como a jornalista Maju, a consultora de moda Lilian Pacce e a VJ MariMoon. Além de familiares e amigos para quem as estrelas do palco não deixavam de mandar beijos nos intervalos.

Continua após a publicidade

“Tenho família aqui, em Santana, todo mundo com nome composto”, brincou Taís. “Eu sou Taís Bianca. Quando me casei com um Luiz Lázaro, falei: ‘Meus filhos não vão ter dois nomes não’.”

Taís entrou para o quarteto do Saia Justa há um ano, assumindo o lugar da também atriz Maria Ribeiro. Ela optou por sair agora porque, com a escolha da direção por transmissões ao vivo, seria impossível conciliar sua participação com as gravações da série Mister Brau, da Globo, estrelada por ela e Lázaro Ramos, seu marido.

No início da transmissão, a atriz tentava disfarçar a emoção. Durante um VT, quando as câmeras não estavam apontadas para ela, contou com a ajuda de Pitty e Monica Martelli para retocar a maquiagem borrada pelos olhos amuados. No último bloco, porém, quando ouviu a homenagem de Astrid, desandou a chorar levando as demais junto. A mais comovida era Martelli, de quem ficou bastante próxima. “Taís é muito generosa, a gente se encontrou”, declarou a amiga.

Depois da gravação, a atriz recebeu um longo abraço das demais e permaneceu no palco atendendo a pedidos de foto da plateia.

Continua após a publicidade

O programa da GNT finalizou em São Paulo sua edição itinerante depois de outras cinco capitais. Taís será substituída pela cantora paraense Gaby Amarantos a partir de março. Até lá o Saia Justa deve alternar apresentadoras.

Publicidade