Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘SuperStar’: nervosismo cresce e bandas favoritas são eliminadas

Restando apenas mais três episódios do programa, reality afunila e concorrentes choram em noite equilibrada

A proximidade da final, que acontece em três semanas, criou um clima de nervosismo entre os concorrentes do reality show SuperStar neste domingo. As emoções balançadas até causaram a eliminação da banda de rock, até então favorita, Supercombo, que saiu com uma diferença de 0,29% em relação à Versalle, que teve 66,76% dos votos. Já a dupla Lucas e Orelha exagerou no drama e caiu no choro durante o cover de Sonhar, do MC Gui . As lágrimas funcionaram e os rapazes angariaram votos do público, fechando com 73,99%.

LEIA TAMBÉM:

‘SuperStar’ tenta superar mico do playback com outros talentos dos participantes​

Difícil dizer o que vai pior no ‘SuperStar’: bandas ou jurados

​Falha em apresentação escancara playback no ‘SuperStar’

Enquanto as demais bandas apostaram no lugar comum, Scalene tocou a autoral Amanheceu, em uma apresentação distinta do que o grupo havia proposto até então, com uma levada mais romântica e calma. O telão subiu com menos de um minuto de canção e o grupo obteve 86,72% dos votos.

Na segunda posição ficou a Serial Funkers, com 79,66% da aprovação dos espectadores. A banda cantou September, hit do grupo de funk e soul americano Earth, Wind & Fire. O vocalista Régis também não segurou as lágrimas e a apresentadora Fernanda Lima aproveitou para comparar o choro dele com o de Orelha: “Sua lágrima tá mais intensa”, disse ela.

Atrás de Lucas e Orelha por apenas 0,84%, Dois Africanos conquistou a quarta colocação com 73,15%, depois de apresentar Rock With You, de Rod Temperton que virou hit na voz de Michael Jackson. A banda de forró Os Gonzagas foi de cover com Morena Tropicana, clássico de Alceu Valença, e, apesar da fraca apresentação, a canção rendeu 69,95% dos votos ao grupo.

Ainda no gênero do forró, Dona Zaíra repetiu a inspiração do domingo anterior e tocou novamente uma música de Luiz Gonzaga. Desta vez foi Qui Nem Jiló, canção que agradou ao público e teve 69,51% dos votos do público. Com 0,33% a menos, Devir apresentou a autoral Banho de Mar e ficou na sétima posição no ranking.

As duas últimas bandas que se classificaram para a próxima fase foram Big Time Orchestra e Versalle, com 68,02% e 66,76% da preferência dos espectadores, respectivamente. Big Time misturou Sonífera Ilha, dos Titãs, com a música tema do desenho Os Simpsons. Já Versalle, grupo protagonista do caso de suspeita de playback no programa, cantou a autoral Sem Hesitar e escapou por pouco.

O público parecia não estar a fim de ouvir rock. As bandas eliminadas na noite foram Supercombo, Kita e Scambo, três representantes do gênero. Mesmo queridinha dos jurados e com um som autoral melhor que a classificada Versalle, a canção Saco Cheio não agradou o público e o telão nem subiu para Supercombo, que fechou a apresentação com 66,47%. Kita cantou em inglês a música original Realize, mas não escapou e saiu com 62,41% dos votos. Em último lugar, a banda Scambo teve 61,21% dos votos após tocar a canção própria Meu Ar.

No próximo domingo será a fase “Top 9”, onde os nove participantes que restam se enfrentam e as duas piores colocadas de acordo com a votação do público serão eliminadas.