Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Spielberg repete 1977 e parabeniza ‘Star Wars’ por bater seu recorde

O novo filme da saga superou 'Jurassic World' em arrecadação na estreia. Há quase 40 anos, a história de George Lucas já havia ultrapassado bilheteria de 'Tubarão'

O novo filme de Star Wars bateu recorde de faturamento no fim de semana de estreia, somando 528 milhões de dólares ao redor do mundo entre quinta-feira e domingo, superando Jurassic World, que até então liderava a arrecadação global com 528 milhões de dólares.

Diante disso, Steven Spielberg, produtor executivo de Jurassic World, e sua equipe resolveram homenagear o novo episódio da saga intergaláctica, publicando, nesta segunda-feira no Twitter, uma carinhosa mensagem ao lado de uma imagem que mostra um dinossauro entregando uma medalha ao droid BB-8. “A Universal Pictures, Steven, Frank e Colin parabenizam Star Wars: O Despertar da Força, pelo maior final de semana de estreia da história galáctica”, diz a mensagem, que se refere a Frank Marshall e Colin Trevorrow, produtor e diretor do longa, respectivamente.

Leia também:

Novo ‘Star Wars’ leva 1,8 milhão aos cinemas do Brasil em quatro dias

Fim do suspense: o novo filme da série ‘Star Wars’ é bom!

Tarantino dispara contra a Disney após disputa por sala de cinema

Harrison Ford: “Eu era muito mais bonito em 1977”

Essa não é a primeira vez em que uma produção de Spielberg é superada por Star Wars – e nem a primeira vez em que o diretor presta homenagem publicamente a George Lucas. Em 1977, Tubarão mantinha o título de maior bilheteria de todos os tempos, mas foi ultrapassado pelo primeiro filme de Star Wars. Spielberg, então, publicou na revista Variety uma imagem do robô R2-D2 pescando um tubarão ao lado da mensagem: “Querido George, na última semana Star Wars ultrapassou Tubarão em arrecadação nos Estados Unidos. A sua performance hiperespacial realmente o fez por merecer. Parabéns ao pessoal da Cantina e todas as forças da sua imaginação que fizeram Star Wars tão merecedor do trono. Use-o bem. Do seu amigo, Steven Spielberg”.

(Da redação)