Clique e assine a partir de 9,90/mês

Show de Beyoncé no Super Bowl gera revolta entre conservadores

Cantora levantou causas raciais durante a apresentação deste domingo e desagradou classes antiliberais dos Estados Unidos, que planejam protesto contra a artista

Por Da Redação - 11 fev 2016, 09h17

A cantora Beyoncé roubou a cena durante o show do intervalo do Super Bowl, final da liga de futebol americano dos Estados Unidos, no último domingo. No entanto, a repercussão da apresentação não foi positiva entre todos os que a assistiram. Políticos e conservadores do país ficaram revoltados com a performance do novo single da artista, Formation, que foi lançado um dia antes do evento. A música, que critica a violência policial contra negros, e a homenagem aos Panteras Negras no figurino das dançarinas revoltaram a classe republicana do país. Como forma de protesto, um boicote contra a cantora foi planejado para acontecer em frente à sede da NFL (organização que cuida do futebol americano nos EUA), em Nova York, no dia 16 de fevereiro, data que começa a venda de ingressos para a nova turnê de Beyoncé.

LEIA TAMBÉM:

Beyoncé lança novo single. Assista ao clipe

Beyoncé e Bruno Mars ofuscam Coldplay no Super Bowl

Continua após a publicidade

Beyoncé rejeitou parceria com Coldplay por achar música ‘horrível’

Formation reforça e encoraja a necessidade de haver igualdade racial nos Estados Unidos. Além disso, a letra contém frases de afirmação do grupo e citações ao movimento Black Lives Matter, que se posiciona contra a violência policial contra negros. Durante o Super Bowl, Beyoncé e suas dançarinas ainda usaram roupas que lembravam o uniforme do grupo Panteras Negras, partido revolucionário que lutava contra o racismo no país. Todos os artifícios que a cantora usou para levantar a questão racial no maior evento esportivo do país foram um prato cheio para ira dos conservadores.

Rudy Giuliani, ex-prefeito de Nova York, foi um dos que atacou a cantora, definindo a apresentação como “ultrajante” durante o programa Fox and Friends, da Fox News. “O que deveríamos estar fazendo na comunidade negra e em todas as comunidades é construir respeito pelos policiais”, disse. Os fãs da artista e defensores das causas levantadas por ela, entretanto, reagiram e, nas redes sociais, já se está organizando um protesto contra os anti-Beyoncé, que deverá acontecer no mesmo dia e local.

Asssista a performance de Beyoncé no Superbowl abaixo:

Continua após a publicidade

Publicidade