Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sertanejo Hudson é detido por porte ilegal de arma

Cantor foi levado para delegacia em Limeira mas, segundo sua assessoria, apresentou documentos de posse de pistola e revólver e acabou liberado

O cantor Hudson, da dupla Edson e Hudson, foi detido na manhã desta quarta-feira, na cidade de Limeira, interior paulista, por porte ilegal de armas. As armas, uma pistola e um revólver, estavam no carro do sertanejo, quando ele foi parado por uma blitz da Polícia Militar.

De acordo com a assessoria do músico, ele apresentou documentos que comprovam que as armas estão regularizadas e foi solto. Hudson, porém, foi autuado e teve de pagar uma fiança de 6 000 reais, porque tem permissão de possuir armas, mas não de carregá-las em espaço público. Ele deve responder ao processo criminal em liberdade.

“Na manhã desta quarta-feira, 20 de março, o cantor sertanejo Hudson, da dupla Edson & Hudson, esteve no 1º Distrito Policial de Limeira por suspeita de porte ilegal de armas”, diz nota da assessoria do cantor que não quis dar entrevista. “Depois de prestar esclarecimentos e apresentar toda a documentação necessária, o cantor foi liberado. Hudson, ao lado do irmão Edson, segue normalmente com a agenda de divulgação do novo trabalho da dupla, o DVD Faço um Circo pra Você.”

Histórico – Em janeiro do ano passado, o sertanejo quase foi preso por deixar de pagar a pensão alimentícia de sua filha de 18 anos, Letícia Higa da Silva, por dois anos, acumulando o valor de 90.000 reais. Após a decisão do juiz, Hudson conseguiu um acordo para pagar o valor parcelado.