Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Schwarzenegger: “Estamos próximos da realidade de ‘Exterminador do Futuro'”

Ator volta à franquia de ficção científica com novo filme que estreia em julho

Como tantas vezes prometido na eternizada frase I’ll Be Back, Arnold Schwarzenegger está de volta ao icônico personagem T-800 em O Exterminador do Futuro: Gênesis (Terminator Genesis), que estreia no Brasil em 2 de julho. “É uma grande honra voltar a fazer esse papel. Há algumas franquias pelas quais as pessoas se apaixonam e O Exterminador do Futuro é uma delas”, disse o ator nesta segunda-feira em entrevista coletiva no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

Para Schwarzenegger, a trama iniciada em 1984, com O Exterminador do Futuro, continua mais atual do que nunca. “Eu amei estar de volta à batalha novamente. Em 1984, as pessoas achavam aquilo uma completa ficção científica, mas hoje as máquinas têm um poder enorme. Eu não consigo ganhar um jogo de xadrez contra o meu iPad. Nós estamos muito próximos daquela realidade que vimos no primeiro Exterminador”, disse.

Leia também:

Schwarzenegger pode retornar à tanguinha de Conan

Musa de ‘Game of Thrones’ luta com robôs em trailer de ‘Exterminador do Futuro’

Assim como no primeiro filme, a nova produção da franquia traz John Connor (interpretado por Jason Clarke) como o líder da resistência humana no ano de 2029, em um mundo dominado por máquinas depois que o supercomputador Skynet, criado para a rede de defesa americana, sai de controle e sinaliza que a humanidade é uma ameaça. Para evitar a ascensão da liderança de Connor, o Skynet envia um Exterminador (Arnold Schwarzenegger) de volta ao passado, com o objetivo de matar Sarah Connor (Emilia Clarke), mãe de John, antes mesmo que ela o conceba.

A primeira grande surpresa, tanto para os antigos fãs, quanto para os recém-iniciados na franquia, ocorre na clássica cena de chegada do Exterminador, em Los Angeles, em 1984. Alguns elementos se repetem, como uma reverência ao universo criado pelo diretor James Cameron há 31 anos, mas apenas para serem ressignificados. Agora, o Exterminador se depara com uma outra versão do T-800, o Guardião (Arnold Schwarzenegger), em uma cena de combate dele contra ele mesmo.

Leia também:

De vilões a amigos, robôs inteligentes dominam o cinema

Na nova trama, dos roteiristas Laeta Kalogridis (de Avatar) e Patrick Lussier (de Pânico), o sargento Kyle Reese (Jai Courtney) se depara com um cenário completamente diferente daquele que esperava encontrar quando foi enviado do futuro por John Connor para proteger sua mãe. Em vez da indefesa e desamparada Sarah Connor do primeiro filme, a heroína foi criada desde os 9 anos pelo Guardião. Desta vez, é dela a famosa frase “Venha comigo, se quiser viver”.

“É uma história completamente nova. O roteiro foi muito bem pensado e bem escrito para conciliar duas linhas de tempo distintas”, comentou Schwarzenegger.

(Da redação com Estadão Conteúdo)