Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Salgueiro dedica desfile a integrante que morreu a caminho da Sapucaí

Iracema Pinto, de 78 anos, sofreu um AVC em um táxi e não resistiu

Por Leandro Resende, do Rio de Janeiro - 4 mar 2019, 03h24

O Salgueiro dedicou seu desfile, na madrugada desta segunda-feira, 4, no Carnaval do Rio de Janeiro, a Iracema Pinto, 78 anos, que morreu a caminho da Marquês de Sapucaí.

A integrante da escola sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em um táxi e não resistiu. Era uma das mais antigas dirigentes da Vermelho e Branco, e era responsável pelos destaques de luxo da escola.

Iracema era mãe de Eduardo Pinto, diretor cultural do Salgueiro. Na transmissão da Rede Globo, ela também foi lembrada. Após o desfile, a emissora recebeu integrantes da escola, que desejaram força a Eduardo Pinto e bateram palmas em homanagem a ela.

Publicidade