Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Rose McGowan, do #MeToo, incentivou namorada a denunciar Asia Argento

Mensagens de texto entre Asia e Rain Dove se tornaram provas no caso de abuso sexual de menor

Por Redação - Atualizado em 28 ago 2018, 11h34 - Publicado em 28 ago 2018, 11h22

Rose McGowan divulgou um comunicado sobre o caso Asia Argento, acusada de abuso sexual pelo ator Jimmy Bennett — o rapaz afirma que eles tiveram relações sexuais quando ele tinha 17 anos, na Califórnia, onde a idade de consentimento é 18 anos. No texto, Rose conta como se aproximou de Asia por causa do movimento #MeToo, do qual ambas fazem parte, e por serem vítimas de estupro de Harvey Weinstein. E também explica o motivo que a levou a incentivar sua namorada, Rain Dove, a levar à polícia a troca de mensagens com Asia, em que ela contava detalhes sobre o caso com Bennett.

“Asia foi alguém que entendeu meu trauma. Alguém com que eu podia conversar. Uma dava força para o discurso da outra”, diz Rose. “Mas tudo mudou. Em um instante.” Segundo Rose, sua namorada, que foi apresentada a Asia por ela um mês antes, tinha mensagens de texto em que a atriz confirmava ter tido relações sexuais com Bennett, contrariando seu discurso oficial de que nunca havia se relacionado com o rapaz.

Rain então decidiu denunciar a amiga, e contou com o apoio de Rose. “Eu disse para ela: ‘você deve fazer isso’. Não pensei duas vezes. Não foi difícil apoiá-la nessa decisão. O que foi difícil foi imaginar que tudo que o movimento MeToo representa estava em perigo.”

A atriz Rose McGowan
A atriz Rose McGowan Brent N. Clarke/FilmMagic/Getty Images

Rain ainda diz que Asia lhe falou que o rapaz lhe enviava fotos sem roupa desde os 12 anos, e que ela nunca pediu, mas também nunca tomou uma atitude para que ele parasse. “Nada de levar as imagens às autoridades, aos pais, ou bloquear Jimmy nas redes sociais. Ela nunca mandou nem uma mensagem de ‘não me mande estas fotos, são inapropriadas’”, diz Rose. A atriz ainda afirma que existem outros detalhes que ela não pode revelar, para não interferir nas investigações.

Publicidade