Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dois restaurantes brasileiros para visitar em Recife

As casas integram a última edição do guia VEJA COMER & BEBER RECIFE 2018/2019

Altar, Cozinha Ancestral

Da cozinha de Carmem Virgínia dos Santos saem quitutes como o bolinho de feijoada (R$ 26,50, quatro unidades), boa companhia para a infusão de ervas e cachaça preparada na casa (R$ 6,00 a dose). Em seguida, o papelote de pescada-amarela ao forno com azeite, cenoura, batata e jerimum vem à mesa ao lado de arroz com coentro (R$ 35,40). Para adoçar, tem manjar de coco com calda de ameixa (R$ 15,80). De terça a sexta, pagam-se R$ 32,50 pelo menu executivo. A refeição pode incluir acarajé, costelinha de porco assada com molho de biri-biri, tutu de feijão, tartare de banana e ovo estrelado e, por fm, bolo engorda marido, de leite condensado e parmesão. Rua Frei Cassimiro, 449, Santo Amaro, ☎ 99800-1090 (70 lugares). 12h/17h (fecha seg.). Aberto em 2014. $

Ca-Já

Na casa construída nos anos 1950, o jovem e talentoso chef Yuri Machado investe em um cardápio enxuto, dividido entre almoço e jantar. Durante o dia, quando a clientela se acomoda no quintal e pode emprestar chapéus para aplacar o sol, sai galinhada com arroz refogado em manteiga de garrafa (R$ 62,90, para dois), por exemplo. No jantar, Machado traz receitas mais autorais, caso do nhoque de inhame com ragu de chambaril (R$ 44,00). O prato pode ser antecedido por bolinho de siri com aïoli (R$ 27,70, cinco unidades). Rua Carneiro Vilela, 648, Espinheiro, ☎ 3126-0648 (86 lugares). 12h/15h e 19h/23h (ter. e qua. só jantar e dom. só almoço; fecha seg.). Aberto em 2017. $$

+ Os melhores endereços gastronômicos de Recife