Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rafinha Bastos põe no YouTube DVD que a Justiça vetou

'A Arte do Insulto' tem comercialização proibida a pedido da Apae, que processou humorista por piada com a instituição

Proibido por decisão judicial de comercializar o DVD A Arte do Insulto, registro de uma das suas apresentações de stand-up, o humorista Rafinha Bastos publicou o espetáculo, na íntegra, no YouTube. “Achei uma brecha na decisão judicial q proibiu meu DVD: Ñ impediram exibição na web. Chupa censura! Compartilha ae!”, tuitou. O vídeo foi postado no site de compartilhamento de vídeos no domingo, 9 de junho.

ESPECIAL: Piada x grosseria: a diferença entre o humor e o bullying

A Arte do Insulto teve comercialização proibida no começo de 2012, a pedido da Apae-SP (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Paulo), que processou humorista por piada com a instituição. No texto, ele dizia ter internado seu pênis na Apae após usar um preservativo com efeito retardante.

O DVD tem outras piadas controversas de Rafinha, como aquela em que ele diz que a população de Rondônia é feia. “Eu acho todo mundo bonito. Isso é efeito colateral de uma temporada de shows que eu fiz em Rondônia”, diz ele. “Os caras tinha que ganhar dinheiro com turismo na televisão. Tá se achando feio, a auto-estima lá embaixo? Vem pra Rondônia.”

Wanessa, Band e Fox — Também no início de 2012, Rafinha Bastos foi condenado a indenizar Wanessa Camargo e o marido, Marcus Buaiz, pela piada em que, comentando uma foto da cantora grávida, disse que “comeria ela e o bebê”. A controvérsia criada pela piada foi tão grande que resultou na saída de Rafinha Bastos do CQC, onde fez a brincadeira, e da Band. O humorista pouco depois tentou emplacar a versão brasileira de Saturday Night Live na RedeTV!, sem sucesso.

Em 20 de julho, o humorista estreia o programa A Vida de Rafinha Bastos no canal pago FX, às 23h.