Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Que Horas Ela Volta?’ e ‘O Clã’ são finalistas dos Prêmios Platino

Filme 'Ausência', coprodução entre Brasil e Chile, também está entre as produções que buscam uma vaga na premiação

O filme brasileiro Que Horas Ela Volta?, da diretora Anna Muylaert, e O Clã, do argentino Pablo Trapero, são alguns dos filmes que estão entre os finalistas da terceira edição dos Prêmios Platino de Cinema Ibero-Americano. Em um ato realizado nesta quinta-feira no Hotel Embajador de Santo Domingo, capital da República Dominicana, Juan Carlos Arciniegas, jornalista e embaixador dos prêmios, fez o anúncio oficial dos finalistas (20 por categoria).

O ministro da Cultura dominicano, José Antonio Rodríguez, também esteve presente ao ato, assim como o ator Edward James Olmos, um dos vários mestres de cerimônia, que afirmou serem os Prêmios Platino o “nosso Oscar” e que o futuro está nas mãos dos latinos. As indicações, cinco por categoria, serão anunciadas no próximo dia 26 de maio em Hollywood.

Leia também:

‘Ausência’ foi eleito o melhor filme do 43º Festival de Cinema de Gramado

Filme ‘Aquarius’, do brasileiro Kleber Mendonça Filho, concorre em Cannes

Sob aplausos, Anna Muylaert apresenta novo filme em Berlim

Entre os favoritos na categoria de melhor filme de ficção estão O Clã (Argentina-Espanha), O Abraço da Serpente (Colômbia-Argentina-Venezuela), O Clube (Chile), Güeros (México), Truman (Espanha-Argentina), Ixcanul (Guatemala), La Novia (Espanha) e Que Horas Ela Volta? (Brasil). Concorre também o filme Ausência, coprodução entre Chile e Brasil, de Chico Teixeira.

Ao prêmio de melhor interpretação masculina concorrem entre os indicados Guillermo Francella (O Clã), Alfredo Castro (O Clube), Tenoch Hortas (Güeros), Damián Alcázar (Magallanes), Luis Tosar (El Desconocido), Benjamín Vicuña (La Memoria del Agua) e Ricardo Darín e Javier Câmara (ambos por Truman).

Penélope Cruz, por Ma ma; Elena Anaya (La Memoria del Agua), Antonia Zegers (O Clube), Irene Azuela (Primaveras Escuras), Yordanka Ariosa (El Rey de La Habana) e Inma Cuesta (La Novia e La Memoria del Agua), são algumas das atrizes que competirão para estar entre as finalistas de melhor interpretação feminina.

A uruguaia Natalia Oreiro e o espanhol Santiago Segura apresentarão a festa de entrega dos prêmios, que será realizada no próximo dia 24 de julho em Punta del Este, no Uruguai.

Da primeira pré-seleção, anunciada no último Festival Internacional de Cinema em Guadalajara, da qual saíram 158 produções, concorreram inicialmente 826 filmes de América Latina, Espanha e Portugal lançados em 2015.

Os prêmios são promovidos pela Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais (EGEDA) com a Federação Ibero-Americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (FIPCA).

(Da redação com agência EFE)