Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Que Horas Ela Volta?’ é escolhido para representar o Brasil no Oscar

Filme de Anna Muylaert foi o eleito pelo Ministério da Cultura para concorrer à vaga na premiação

Como esperado, o filme Que Horas Ela Volta?, da cineasta Anna Muylaert, foi o eleito pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil no Oscar. O anúncio vem depois de uma boa campanha da produção em festivais internacionais, como Berlim, onde saiu com o prêmio do júri, e Sundance, que elegeu Regina Casé como melhor atriz. O título concorria com outros sete filmes: A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante; Alguém Qualquer, de Tristan Aronovich; Campo de Jogo, de Eryc Rocha; Casa Grande, de Fellipe Barbosa; Entrando Numa Roubada, de André Moraes; Estrada 47, de Vicente Ferraz; e Estranhos, de Paulo Alcântara.

Leia também:

‘Que Horas Ela Volta?’ e a delicada força de Anna Muylaert

Regina Casé e Camila Márdila dividem prêmio de melhor atriz em Sundance

O longa agora vai tentar uma vaga na categoria de melhor filme em língua estrangeira no Oscar 2016. O martelo final será batido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas americana, que escolherá, entre os filmes inscritos pelos países, quais são os finalistas. Uma pré-seleção é feita em dezembro e o anúncio oficial de todos os indicados está marcado para o dia 14 de janeiro.

No ano passado, o longa selecionado pelo Brasil foi Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, que ficou de fora da triagem da Academia. O mesmo para o anterior, O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho, indicado a uma vaga em 2014.

A última vez que o Brasil concorreu ao Oscar de filme estrangeiro foi em 1999, com Central do Brasil, de Walter Salles. Já Cidade de Deus (2003) foi o mais bem-sucedido na premiação, com quatro indicações: melhor roteiro adaptado, edição, fotografia e diretor.

O Oscar 2016 acontece no dia 28 de fevereiro, em Los Angeles, nos Estados Unidos.