Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Príncipe Harry acusa tabloides de hackearem seu celular

Em processo, duque de Sussex alega que mensagens particulares foram interceptadas pelos jornais 'The Sun' e 'Daily Mirror'

Príncipe Harry, o duque de Sussex, deu entrada em uma ação legal contra os tabloides britânicos The Sun e Daily Mirror. Segundo o Palácio de Buckingham, a acusação é de que os veículos interceptaram mensagens de voz do celular de Harry por meio de hackers. Maiores detalhes, no entanto, ainda não foram divulgados.

A empresa News Corp, responsável pela publicação The Sun, confirmou ao jornal The Guardian que há um processo em andamento. Segundo o jornal, o processo foi registrado pelo escritório Clintons, que possui tradição em casos relacionados à interceptação ilegal de telefones.

Harry não está sozinho no páreo. Na última quarta-feira 2, sua esposa, Meghan Markle, processou o The Mail on Sunday alegando violação de privacidade e de direitos autorais após o tabloide ter publicado uma carta pessoal da duquesa a seu pai, Thomas Markle.

A carta escrita à mão expõe a relação difícil entre os dois. “Papai, é com o coração pesado que eu escrevo isso, sem entender por que você escolheu seguir esse caminho, ignorando a dor que está causando”, diz uma parte do texto escrito em agosto de 2018 e publicado pelo jornal em fevereiro deste ano.

Na ocasião, o duque divulgou uma carta aberta afirmando que uma parcela da imprensa britânica está empreendendo “ataques contra indivíduos sem pensar nas consequências.”

“Eu vi o que acontece quando alguém que eu amo é objetificado a ponto de não ser mais tratado ou visto como uma pessoa real. Eu perdi minha mãe e agora estou vendo minha esposa ser vítima das mesmas forças poderosas”, completou, referindo-se à relação conturbada de sua mãe, Diana, com a imprensa da época — a princesa morreu em 1997, em um acidente de carro, enquanto tentava escapar de paparazzi.