Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preta Gil vai à delegacia após sofrer ataques racistas na web

Filha de Gilberto Gil foi chamada de 'macaca' e ofendida por seu trabalho como cantora

Preta Gil foi – de novo – vítima de ataques na internet. A atriz e cantora foi ofendida com comentários em sua página no Facebook na noite desta segunda-feira, quando foi chamada de “macaca” e xingada por seu trabalho como cantora. Segundo a assessoria de imprensa de Preta, ela já abriu uma queixa-crime na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no Rio de Janeiro, na tarde desta terça, na qual expôs o que aconteceu e apresentou os prints das ofensas publicadas em seu perfil.

LEIA TAMBÉM:
Até quando? Cantora Paula Lima sofre ataque racista no Facebook
Atriz negra de ‘Caça-Fantasmas’ é alvo de racistas no Twitter
Ludmilla pede R$ 300 mil de indenização a Val Marchiori
Negra Li tem site hackeado com mensagens racistas

Durante a manhã, Preta também publicou um desabafo em sua página. “Me chamo Preta Maria Gadelha Gil Moreira de Godoy, tenho 42 anos, sou casada, mãe de um homem de 21 anos e avó de uma boneca de 8 meses, sou filha da mistura. Nasci em um país miscigenado, tenho em mim o sangue indígena dos meus tataravós, sangue negro do meu pai, sangue branco da minha mãe e um coração repleto de amor e orgulho pelas minhas origens”, escreveu.

“Desde muito nova convivi com o preconceito de quem não aceitava ver filho de negro em uma escola particular, de quem não consegue aceitar que uma pessoa pode se chamar Preta”, disse. “Além do nome, sempre convivi com o fato de ser diferente aos olhos da maioria; de ser a filha do cantor, de não ter corpo de modelo de passarela, de meu cabelo ser liso (sim, acreditem, tem gente que acha que eu aliso meu cabelo e com isso dizem que não aceito a minha negritude), de mostrar meu corpo no meu CD, de casar com alguém mais novo e por aí vai…”

Preta diz que foi atacada por um grupo organizado, que usava a hashtag #MM ao final de suas publicações. “São covardes, são pessoas vis, não sei quem são. Será que eu deveria não dar atenção ou querer me preocupar com isso? NÃO! Vou me defender em meu nome e de quem mais se sentiu ultrajado com essa verdadeira doença social. Essa epidemia de desamor e ódio que se alastra e atinge a todos.”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Kkkkkkkkk

    Curtir

  2. Aloizio Barros de Souza

    Não sei se as novas tecnologias tem mesmo ajudado a humanidade. A meu ver, antes, as coisas quando eram menos divulgadas, propagadas como são hoje, o mundo era bem melhor. Basta ver os ataques terroristas, o ódio, tudo amparado pela mídia que divulga e assim facilita o aumento do preconceito. Penso assim e pronto. O mundo seria bem melhor sem toda essa informação que no fim nada acrescenta a ninguém a não ser ficar alfinetando as mesmas coisas o tempo todo.

    Curtir

  3. Pertinax Octavius

    Coitada, que dó…

    Curtir

  4. Paulo Bandarra

    Está bonita nesta foto.

    Curtir

  5. Marcio Soares Lacerda

    Por que tanta indignação? Pessoas públicas costumam receber comentários depreciativos e ofensivos. Aliás existe alguma pessoa que jamais tenha sido ofendida ou pior ter sua mãe denegrida?
    Será que os autores dos comentários são branquinhos? Provavelmente são primitivos e mal educados e tenho certeza que as pessoas decentes lhe respeitam e isso é o que importa.

    Curtir

  6. Artur Britto

    Essa Preta Gil foi cortada de cantar na abertura das Olimpíadas e agora está se fazendo de vítima de racismo para aparecer e chamar atenção, pois talento ela não tem nenhum e nem beleza. Ela que suma da vida pública e vá morar numa caverna.

    Curtir

  7. Liê Ribeiro

    Que coisa pequena ficar ofendendo uma pessoa por causa da sua cor, da sua opção de vida, da sua condição de vida, etc etc etc… aprendi desde de cedo que minha liberdade vai até onde começa a do outro, e devo respeitar essa linha, aprendi desde de cedo que eu não devo fazer ao outro o que não gostaria que fizesse comigo. A grandeza e a beleza impar do Brasil e sua mistura de raças, é sua diversidade e nenhuma tecnologia pode esconder quem queira agredir uma outra pessoa por nada, muito menos por sua cor, sua opção sexual e sua vida. A intolerância seja ela qual for, é o que esta levando o mundo a sua extinção. Se as pessoas preconceituosas não aprendem pela lição do respeito que aprenda pelo justiça.

    Curtir

  8. Manuel Geraldo Martins

    Sou contra qualquer tipo de discriminação, mas pessoas públicas que querem se promover utilizando as redes sociais estão sujeitas a isto. As pessoas não são todas iguais. Existe muita divergencia de pensamentos. Não podemos exigir que todos pensem e ajam igual à gente. Se quer se promover sem ouvir ou ler criticas é preciso fazer uma campanha onde não se mede público atingido, onde não tenha comentários. É muito fácil ficar postando informações polemicas, que não há nenhuma necessidade de divulgação e, se o comentário e elogioso fica feliz e pronto, mas se o comentário é negativo, polícia neles.

    Curtir

  9. luiz antonio Fidelis

    Liga pra isso não Preta!
    Você é uma celebridade, filha de um monstro sagrado da MPB, tem seu talento reconhecido por fãs em todo o país. Não deixe que o ódio alheio atrapalhe sua trajetória brilhante.
    NO WOMAN NO CRY.
    Não por isso.

    Curtir

  10. João Carlos Miers Faraco

    Tadinha.

    Curtir